Socorro!

Ou:

O peito ambulante

Ou ainda:

A criança birra

Bom, para começar preciso dizer que a nossa rotina não existe mais. Tudo que estava lindo e maravilhoso acabou num passe de mágica. Na verdade o motivo foi a dor de ouvido que o Vítor teve semana passada. Ela bagunçou todo nosso esquema e trouxe de volta a livre demanda. Não que eu seja contra, mas as coisas do jeito que estão atualmente não me agradam nenhum pouco. Em relação as coisas do jeito que estão agora entenda-se: bebê mamando de hora em hora, chorãozinho e com dificuldade para dormir.

Tá, tenho que ser justa. O Vítor ainda dorme bem de noite/de manhã (o horário de sono profundo dele costuma ser mais ou menos das 2 da madrugada às 9 da manhã).

Ok, é tudo que uma mãe pode querer, de 6 a 8 horas de sono direto por dia. Mas acontece que no resto do tempo ele tá sempre grudado em mim. Além disso, as sonecas estão super curtinhas (às vezes menos de meia hora) o que deixa o Vítor chatinho, digamos que de mau humor.

Porém, o problema mesmo está na amamentação. Ele mama uns 10 minutos e começa a “brigar” com o peito. Faz birra, chora, não quer mais saber. Coloco ele no outro seio e… pronto! Tudo resolvido por mais uns 10 minutinhos. Daí a novela recomeça. Faz birra, chora, não quer mais saber.

Isso tem me deixado mega cansada. Primeiro pelo desgaste físico (lembrem-se: ele está mamando quase que de hora em hora) e depois pelo emocional (pois ele berra daquele jeitinho especialmente desesperado).

Geralmente eu tento acalmar e insisto para que ele mame mais um pouco. Ele até pode pegar o peito de novo, mas não por muito tempo. Chororô mais uma vez. Fico em pé com ele no colinho e dou uma volta pela casa.

Às vezes ele acalma e chega a dormir. Ou então continua chorando. Quando a opção 2 acontece eu busco minha querida amiga (#not) mamadeira. Então ele fica quietinho de vez e chega a dormir.

Acontece que eu quero evitar ou até abolir a mamadeira. Entretanto, assim fica cada vez mais difícil. Só que fico sem saber o que fazer. HELP, please!

Além de sugestões para contornar o problema preciso entender o motivo da birra com o peitão! Vamos as opções:

A) Pouco leite.

Realmente a minha produção parece ter reduzido. Porém, quando ele começa a ficar irritado no peito eu verifico e tem leite.

B) Sono.

Talvez. Mas acontece praticamente em todas as mamadas, então acho difícil que a criança viva com sono (sendo que ele mama assim que acorda).

C) Ele já está satisfeito.

Acho difícil, pois se a gente oferece a mamadeira ele sempre aceita.

D) Ele recusa o peito, pois afinal… mamadeira é muito mais fácil mesmo.

É a opção mais temida, mas pode ser, né?! Isso que tento dar no máximo 2 mamadeiras por dia (como complemento, depois de amamentar e somente se necessário).

E) Manha.

Não acredito, mas enfim…

Alguma outra possibilidade? Alguém já passou por isso com o seu filhote?

Anúncios

10 ideias sobre “Socorro!

  1. Sofia

    Olá,
    Sabes que realmente pode ser a mamadeira que está a atrapalhar, com mamadeira ele não precisa fazer tanta força né?
    Mas será que a dor de ouvido já passou? Eu mesma tenho com alguma frequencia dores de ouvidos e o que mais me encomoda é comer e estar deitada de lado, imagino como será num bebezinho. 😦
    Na minha opinião talvez seja boa ideia tentar se manter calma e paciente que isso vai ajuda-lo a ele também ficar calmo e insista no peito mas reduza a mamadeira o mais possivel.
    Beijo e boa sorte 🙂

    Resposta
  2. Patitando

    Olá Ananda, assim como a Adriana eu pensei em picos de crescimento ou saltos de desenvolvimento. São duas coisas diferentes, mas pode ser que o Vïtor esteja passando por uma dessas fases… Outra coisa é que com um mês o tempo das mamadas vai diminuindo mesmo. Se ele manda 10 minutos de cada lado, isso dá um total de 20 minutos, é bastante!
    Também pensei em necessidade de sucção, ele pode se irritar porque só quer sugar e não quer todo o leite que vem junto. Ele usa chupeta?
    Bebezinhos são sempre quebra-cabeças. vamos testando e tentando até acharmos uma resposta… Espero que consiga resolver a questão! Depois conte como tem sido…
    Ah, as sonecas da isabella também são super curtas, de uns 30 minutos. Eu li dois livros,tentei técnicas, pesquisei um monte de coisa mas agora estou quase desistindo e aceitando que ela é assim, uma catnapper como dizem por aqui. Ainda insisto em tentar esticar as sonecas e às vezes consigo, então vamos ver se tenho algum resultado em algum tempo…
    Ah, adorei o seu texto do último post. Nunca pensei que maternidade pudesse ser algo tão deliciosamente intenso. Enlouquecedor às vezes, mas recompensador, sem dúvida.
    bj e bom domingo!

    Resposta
  3. Débora

    Ananda, aqui acontecia o mesmo!
    O Vicente sempre foi meio agitado e brigão com o peito. Quase sempre mamava resmungando, mesmo quando a produção estava ótima.
    Ele fazia a mesmíssima coisa, mamava bem durante um tempo e depois começava a brigar.
    Aí eu, depois de muito tempo nesse “sofrimento” descobri que era o que a colega de cima falou: a chupeta (a falta dela, quer dizer).
    Eu não queria que ele usasse a chupeta, mas ele queria chupetar e não queria que o leite saísse. Quando eu dava a mamadeira, ele mamava tudo, mas não era realmente o que ele queria. Por isso passamos 5 meses nesse mesmo “caos” que você está vivendo.
    Depois que ele pegou a chupeta, tuuuudo se resolveu! Ele mamava e depois ganhava a chupeta pra sugar sem sair leite e ficava feliz da vida.

    Ele usa chupeta? Se usa então, aquilo tudo que contei não tem nada a ver mas, se não usa, acho que pode ser algo a ser levado em conta.

    E eu sou gaúcha sim! Eu moro em Viamão, bem na divisa com Porto Alegre.
    Eu quase nem comento no blog, até esqueço!
    Eu programei um post pra essa semana sobre isso, queria encontrar mais mamães gaúchas na internet, pq, só tem paulista! ehheheheh

    Beijo!

    Resposta
  4. Luciana

    Oi Ananda,

    pq vc não pede pro pediatra dar uma olhada na lingua do Victor? Digo isso pq o Uri tbem, com um mês e pouquinho, começou a se jogar pra tras no meio da mamada, um escândalo, mamava um pouco no outro peito e se jogava também. Até q descobri q ele tem a lingua presa, o q faz com q ele não pegue o peito direito, então não suga como deveria e sai pouco leite, o q o irrita. Qdo o peito tá mais cheio, no começo da mamada, o leite sai mais fácil, por isso ele só chorava uns minutos depois (como o Victor). Dizem q é só cortar o freio, uma micro-cirurgia, q tudo se resolve…

    Bj

    Resposta
  5. Mamãe do Otávio

    Oi Ananda…
    seguinte, o Otávio também ficou assim quando eu tirei a mamadeira! Insisti no peito e ele acostumou novamente, inclusive meu leite voltou “contudo”!!!
    Eu sempre regulei o horário da mamada, do tipo, mama 15 min e só, ultimamente ele mama 10, 11, 12 minutos, e solta sozinho! Nesses dias ele tem brigado com o peito, bem o que tu falou, então ele mama, me morde, puxa, eu coloco o peito novamente e ele faz denovo… aí coloco o bico (chupeta) na boca dele e tudo fica bem…
    como todas falar aqui, não sei se o Vítor usa bico, mas é uma boa! o Otávio usa des dos primeiros dias!!!
    Boa sorte!
    beijos
    Tami

    Resposta
  6. Carla

    Oi Ananda!

    Isso de ficar brigando com o peito também acontece com o Martin e eu já notei 2 razões: ou ele está fazendo força para soltar gases/fazer cocô e só quer mesmo “chupetar”, ou o fluxo de leite já não está tão intenso daquele lado e mudar de peito resolve. Chato isso, né? Vou torcer para a rotina tão tranquila de vocês voltar ao normal. Beijos!

    Resposta
  7. Patricia Boudakian

    Aqui acontece igual com a pequena! As vezes mudo de peito e adianta. As vezes ela so quer aconchego pra dormir mas sem leite, dai ela chupa o dedo. Nao quis dar chupeta e ela se encontrou sozinha. Nunca dei mamadeira, nem tenho em casa, pq por mais que pareca que nao tenho leite, as vezes o peito fica murcho, aperto e vejo que ha. Tente nao dar mais a mamadeira. Ha um cha da weleda muito bom que aumenta a producao. E muita agua. beijo

    Resposta
  8. Pingback: Notinhas rápidas | projeto de mãe

  9. Joana

    Como é bom acompanhar blogs, estou vivendo EXATAMENTE isso! Eu acho que isso acontece porque meu filho fica irritado com o peito murcho. Sai leite, mas em menor volume do que no começo da mamada. Se eu conseguir amamentar até quase 6 meses, como você, ficarei muito feliz.

    Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s