Com que roupa

Uma das melhores coisas do home office, na minha opinião, é não precisar se preocupar com roupa. É possível trabalhar de pijama ou com aquele moletom velho e a calça de suplex com um furo no meio das pernas. A única regra é estar confortável, o resto… tanto faz!

Acontece que a partir de amanhã vou trabalhar na agência alguns dias da semana. Além disso, logo começa o meu estágio docente do mestrado. Então, em resumo, eu vou tem que encarar a vida real outside e, de preferência, vestida de acordo.

Mas vejam bem: o que sobra de sapato e roupa no armário de uma pessoa que praticamente emenda uma gravidez na outra? Eu conto: meia dúzia de sapatos baixos (salto nevermore), uma calça jeans um tanto apertada e uma série de blusas curtas ou justas (ou curtas e justas, o que chega a ser a visão do inferno no meu corpitcho atual, com uma comissão de frente turbo pela amamentação e aquela pança flácida que insiste em não ir embora).

Somem isso ao cabelo sem corte (salão, aqui, tem sido apenas para urgências – e olhe lá) e as olheiras que não me deixam mentir o status de mãe de dois. O resultado:

Uma versão acabada da Mortícia: preto para disfarçar os quilinhos a mais, cabelo escorrido e make no capricho, para esconder as olheiras no chão

Uma versão acabada da Mortícia (a da imagem tá bonitona): preto para disfarçar os quilinhos a mais, cabelo escorrido e maquiagem (muita) para esconder as olheiras no chão

Autoestima. A gente vê por aqui.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s