Arquivo da tag: aniversário

O primeiro presente de aniversário

O aniversário do Vítor é dia 10 e a festinha vai ser dia 14. Mesmo assim ele ganhou este fim de semana o primeiro presente, enviado pelo correio pelo vovô Augusto e pela vovó Lídia.

Preciso dizer que adorou? Primeira foto feliz da vida dando a primeira voltinha e na segunda imagem fazendo pose com o veículo novo. Detalhe para o cinto improvisado feito com a fraldinha pela mamãe.


Aniversário passo a passo

Apesar de ter parado com as postagens com inspirações para o aniversário do Vítor, os preparativos estão em andamento.

Vamos conferir em que pé estão as coisas:

– Data: praticamente fechada. Aguardo apenas um retorno da minha cunhada para bater o martelo. Família longe exige toda uma programação.

– Local: o objetivo era não gastar muito com aluguel de um local (ou nada mesmo). Foi então que meu primo e padrinho do Vítor ofereceu que a gente fizesse a festa no restaurante dos pais dele. Achei ótimo, pois além de reduzir um custo, o lugar é bonito e agradável.

– Horário: decidi 16hrs. Assim o Vítor pode tirar a soneca da tarde tranquilo para estar disposto na hora da festa.

– Lista de convidados: fiz várias. Uma completíssima, outra máomenos, e assim até chegar em uma lista enxuta. Agora é sentar com o Fábio e decidir qual se encaixa nas nossas possibilidades.

– Tema: não queria um tema pronto, mas como o Vítor ama o George, O Curioso, optei por fazer a festa de macaco. A equipe linda da TraçoD ficou responsável pelo desenho.

– Papelaria: também larguei nas mãos da agência de design. Mostrei algumas fotos com o que eu gosto e estou mega ansiosa para conferir o resultado.

– Convite: quero que seja de papel semente, porém estou verificando preços com fornecedores e tudo mais.

– Retrospectiva: embora tenha todo equipamento para fazer um vídeo ou uma apresentação em telão, escolhi fazer em forma de varal de fotos. Quer saber? Acho chato vídeo assim em festa de criança. E o varal de fotos tem aquele toque de trabalho manual, feito com amor e carinho pela mãe toda trabalhada no dom artístico (not!). Então, bora se jogar no instrumental todo (tesoura, cola, papel,…).

– Doces: andei tentando fazer uns cupcakes. Deu certo, ficou bom, mas para o aniversário seria muito trabalho. Então vou pesquisar quanto custa para mandar fazer. Se for muito caro vou ter que me jogar na cozinha mesmo, pois considero um item indispensável! Sobre o bolo e os docinhos, também preciso fazer um levantamento de preços.

– Salgados: não quero nada frito, mas o lugar que achei que faz ótimos salgados de forno cobra caro. Vou ter que pesar no orçamento para ver se vale a pena.

– Fotos: já contratei um profissional e consegui boas condições de pagamento. Como ele parcelou, até o aniversário as fotos vão estar pagas. Ele fez um pacote de serviço + fotolibro. Sem falar que o trabalho é incrível, tenho certeza que fiz a escolha certa!

– Lembranças: a ideia é que a lembrança seja uma muda de árvore. Talvez eu consiga sem custo com uma associação ambiental. Tomara! Senão já vi preço com produtores.

Por enquanto eu acho que é isso! Esqueci de alguma coisa? Dúvidas, sugestões, comentários?

Aniversário verde: pote de papinha

Os potes de papinha com brigadeiro de colher ou balas são sensação quando o assunto é aniversário de criança. Eu adoro a ideia, primeiro pela questão do reaproveitamento de uma embalagem, mas também pela fofura dos vidrinhos decorados.


Foto by Débora Beyer, tirada daqui.

Outra possibilidade é colocar mousse de chocolate ou qualquer doce, porém deve ser considerada a época do ano em que vai acontecer a festa (imagine o estado de um mousse no potinho em pleno verão, não iria durar nem dez minutos intacto).

Pretendo usar as embalagens no aniversário do Vítor para colocar brigadeiro de colher, porém não sei se como lembrança, talvez para comer durante a festa mesmo.

Os vidrinhos são fáceis de decorar e a dica é válida para mães-não-muito-habilidosas. Digamos que o potinho é do módulo 1 da série faça você mesma sem cortar um dedo fora ou ter um resultado pavoroso.

Tutorial e algumas ideias no blog que eu adoro ‘Hoje vai ser uma festa!‘. Vale a pena conferir a página que antes era feita pela Débora, no entanto atualmente conta com outras colaboradoras (não menos importantes!).

Aniversário verde: a economia

Fazer uma festa de aniversário, por menor que seja, sempre custa dinheiro e muitas vezes exige uma preparação financeira. Afinal, não é todo mês que sobra (quando sobra) uma quantia razoável para bancar a comemoração, mesmo que no estilo ‘apenas uns docinhos’.

Pensando nisso eu já comecei a me preparar financeiramente para o aniversário do Vítor, que é em abril. Nosso orçamento geralmente é apertado, então tenho que trabalhar com toda antecedência possível para poder fazer a festa que eu estou imaginando.

A primeira medida de economia é bem simples e para começar só depende de um velho conhecido de muita gente: o cofrinho. Quem nunca, quando criança, fez um furinho numa lata ou pote para guardar moedinhas e comprar tudo em doce, salgadinho e refrigerante no mercadinho da esquina? Alimentação saudável #not.


Pois então, o Vítor ganhou um cofrinho quando eu ainda estava grávida. O carrinho ficou guardado jogado no armário. Mais ou menos no início de outubro eu o peguei e comecei a depositar ali todas as moedas que ia achando pela casa. Não tenho nenhuma meta, apenas pego o que está sobrando e guardo no cofrinho. Simples assim.

Um detalhe importante é que o cofrinho tem apenas uma abertura: a de colocar moedas. Assim não corre o risco de ser assaltado por mim hoho no meio do caminho. Pretendo quebrá-lo quando estiver cheio, para então ver quanto consegui guardar e usar na compra de algum detalhe da festa, como convite, por exemplo. Veremos!

* Não esqueça de participar do sorteio da gravadora MCD! Basta clicar aqui!

Aniversário verde: dicas Crescer

A dica de festa sustentável de hoje (que deveria ter sido postada sexta, shame on me) é uma matéria da Crescer.

Trata-se de uma lista de 10 ideias simples para ter uma festa mais natural. Abaixo os itens.

O texto completo você encontra aqui.

1 – Na natureza, nada se cria, nada se perde, tudo se transforma. A máxima de Lavosier pode e deve ser seguida ao pé da letra quando o assunto é decoração. Em vez de gastar com materiais caros e não reaproveitáveis, opte por reutilizar o que há de sobras de papelão e isopor em sua casa. Com papéis reciclados coloridos, papel marché confeccionado a partir da reciclagem de jornal e colagens, até mesmo de folhas de árvores, é possível construir um bonito cenário para a festa.

2 – Para quem não abre mão de usar bexigas coloridas como enfeite, é possível encontrar balões de gás produzidos com borracha biodegradável. O único problema é como, ao fim da festa, garantir um destino correto ao que sobra, uma vez que ainda é difícil encontrar estabelecimentos encarregados de reciclá-los.

3 – Na hora de servir as guloseimas, troque os tradicionais pratinhos e copos de plástico pelos feitos de papel, facilmente recicláveis. Muitas lojas especializadas vendem kits temáticos e coloridos, que dão um charme ao aniversário. Já os talheres de plásticos podem ser substituídos por outros convencionais ou de bambu, encontrados até mesmo em lojas de R$ 1,99.

4 – Na hora do bolo, inove usando velas confeccionadas a partir de cera produzida por abelhas. Nas casas especializadas, você as encontra em cores e formatos diferentes, como anjos, flores e as tradicionais lisas. Os preços variam de R$ 3 a R$ 10.

5 – Para combinar com o clima de respeito e aproveitamento dos recursos naturais, invista em um cardápio saudável e nutritivo. Para beber, abuse dos sucos de frutas naturais, preferencialmente orgânicas. As frutas da estação têm, em geral, custo mais baixo e são mais ricas em nutrientes por serem frescas.

6 – Para comer, deixe de lado as frituras. Dê preferência aos salgadinhos de forno, bem mais saudáveis. Na hora de fazer a pipoca, opte pelo milho tradicional no lugar daquelas para micro-ondas. Outra boa escolha são os palitinhos de frutas – com banana, uva e morango – banhados ao chocolate e os sanduichinhos de pão integral, queijo minas e peito de peru.

7 – Na hora da recreação, para as crianças menores, pode-se simular um jogo de trilha, no qual os participantes respondem a diferentes questões relacionadas ao meio ambiente, como qual é a cor da lixeira onde deve-se jogar vidros. Quem acertar, avança casas, podendo voltar ou pagar prendas se errar.

8 – Os pais que preferem atividades artísticas podem promover um concurso de pinturas com tintas feitas a partir de pigmentos da terra. A receita é bem fácil: misture água e cola (100 ml para cada) e adicione 25 g do pigmento de sua preferência (pó de café, urucum ou a própria terra). Dependendo da quantidade adicionada, há a variação de tons.

9 – Mantenha no espaço da festa diferentes lixeiras, cada uma voltada para a coleta de um tipo de material. Dessa forma, as crianças podem pôr em prática uma das medidas mais importantes para a conservação da natureza: dar o fim certo aos diferentes tipos de lixo.

10 – E para o fim da festa, uma lembrancinha diferente. Se todo mundo um dia deveria plantar uma árvore, por que não oferecer um kit de plantação aos convidados? Além de simpático, é uma diversão para filhos e pais fazerem juntos. A Le Petit Vert oferece kits, com mudas de árvore e ervas, com custos para encomendas de 50 unidades que variam de R$ 4 (sachês de sementes) a R$ 18,20 (mudas de árvores maiores).

* Não esqueça de participar do sorteio da gravadora MCD! Basta clicar aqui!

Aniversário verde: lembrança

Não considero indispensável o item lembrancinha em um aniversário, mas confesso que adoro quando recebo uma, ainda mais se for algo preparado com carinho.

Levando a sustentabilidade em consideração, pensei em algumas coisas e achei um site que é exatamente de acordo com o que imagino: Sushi com Macarrão, uma ecolojinha pra lá de charmosa!

Um dos itens que mais chamou a minha atenção foi o mini vasinho. Ele tem 6 cm de altura, vem com terra, pedaço de papel semente (flor do campo) e uma tag personalizada.


Imagem de divulgação da página Sushi com Macarrão.

Cada mini vasinho custa R$ 4,50 e o número mínimo para encomendas é de 10.

É ou não é um amor?!

* Lembrando que os posts com ideias e inspirações de aniversário não são publieditoriais. Apenas indicações de coisas que achei pela internet.

Aniversário verde: papel semente

Eu tinha prometido aqui que toda sexta iria postar algumas inspirações para a festinha do 1 ano do Vítor, né? Mas como vida de mãe é uma caixinha de surpresas, acabei falhando já na primeira semana.

Enfim, vou começar a série de posts mostrando minha ideia para o convite: papel semente.

Para quem não conhece, papel semente é um papel artesanal e ecológico que recebe sementes durante o processo de fabricação. Sendo assim, após o uso pode ser plantado. Ao invés de gerar lixo, ele se transforma em uma recordação viva.

Eu fiquei encantada quando descobri o material. Pesquisei na internet e achei uma empresa chamada Papel Semente. Entrei em contato via email e fui muito bem atendida.


Imagem de divulgação no perfil do Papel Semente no Facebook, crachás feitos com o material.

Algumas informações técnicas disponibilizadas pela empresa:

* O Papel Semente é produzido no formato 2B (66x96cm), o que corresponde a 8 folhas A4. Temos algumas medidas sugeridas para corte dando melhor aproveitamento.

* O Papel Semente pode ser impresso em policromia e responde bem a processos como Hot Stamping, Alto e Baixo relevo. A impressão 4 cores é feita em jato de tinta.

* As gramaturas do papel variam de 120 a 360 g podendo ser produzido nas cores pardo ou branco.

* Podemos fornecer o papel sem impressão em folha inteira ou cortada em A4, ou a peça já no formato desejado e com impressão, acabamentos e inclusive facas especiais. A arte é fornecida pelo cliente, nos formatos Corel Draw ou Adobe Illustrator.

* O prazo de entrega depende do tipo de peça, sementes e tipo de impressão, podendo ser a partir de 10 dias após o fechamento do pedido e validação da arte.

* As sementes mais adequadas para impressão são: Cravinho Francês (flor), Boca de Leão (flor), Rúcula e Camomila (chá).

* Para pedidos de folhas sem impressão, disponibilizamos também sementes de Agrião, Erva Doce, Manjericão e Salsinha.

* Não existe diferença de preço na escolha de gramatura, sementes ou cor do papel.

* Os valores variam dependendo do tamanho, formato, quantidade e impressão.

Depois de conhecer mais sobre o material a primeira pergunta que me fiz foi: mas quanto vai custar? Infelizmente vivemos em um mundo onde produtos orgânicos e sustentáveis custam muito caro (sendo que deveria ser o contrário, deveriam custar menos para incentivar o consumo consciente).

Solicitei um orçamento para 30 folhas A4 sem impressão, pois eu mesma faria a impressão na cidade onde moro. O valor enviado pela empresa foi de R$ 2,00 a folha, ou seja, R$ 60,00 + taxa de entrega.

Deixo aqui o valor apenas como uma referência base, o ideal é entrar em contato com a empresa e verificar direitinho. Mas no meu caso, considerando o número de convites que vou precisar, 30 folhas é bastante, sobraria papel até para os cartões de agradecimento das lembrancinhas.

E vocês, o que acharam? Já conheciam o papel semente?

* Confira também uma matéria do G1 sobre o papel semente.
** Além da Papel Semente existem outras empresas que produzem o material. Basta dar uma pesquisada. Comentei sobre ela pois foi a que entrei em contato para mais informações.
*** Para as meninas que perguntaram nos comentários do post anterior: Vítor está bem! Sexta parou de vomitar e dormiu bastante para recuperar a energia. Sábado já estava normal, brincando e bem animado.

6 meses para organizar um aniversário

Sim, eu já estou pensando no aniversário de 1 ano do Vítor. Louca? Talvez, mas uma série de fatores faz com que eu me antecipe tanto assim.

Um deles é o dinheiro. Uma festa, por mais simples que seja, é sempre um gasto extra e exige planejamento financeiro. Outro fator é tempo: quero uma festinha hand made e como trabalho preciso me organizar e fazer as coisas aos poucos. O terceiro ponto é que pretendo elaborar algo diferente e isso exige pesquisa e talvez alguns materiais comprados via internet (olha o tempo aqui de novo).

Antes de mais nada quero dizer que ainda não sei se a festa vai ter um tema específico. Mas o que posso adiantar é que a ideia central é a sustentabilidade: papelaria com papel reciclado, nada de balão e muito material reaproveitado.

Então vocês me acompanham na minha viagem pelo fantástico universo de festas de aniversário? Quem vem?! Quem vem?!

Vamos combinar que toda sexta-feira vai ser dia de tratar do assunto aniversário aqui no blog. Na próxima eu já apresento algumas ideias iniciais e inspirações de festas que achei na internet. Ok?!

* Vítor está quase 100% da catapora. Amanhã ou terça deve voltar para escola! Todas comemora! Beijos e boa semana!