Arquivo da tag: bizarro

O bizarro mundo da fotografia infantil – A demonstração

Falei aqui das coisas medonhas que fazem parte do universo da fotografia infantil.

Prometi postar uma pequena demonstração e voilà: o ensaio sensual do meu gordinho gostoso. A qualidade não está lá essas coisas, digitalização #fail (tem até umas machinhas nas fotos, não repare, ok?!).


(Oi mãe, olha como eu fico feliz dentro de uma MALETA!)


(Decidi, vou fugir de casa. Já arrumei minhas coisas – meu clone vai junto.)


(Eu e meu clone!)


(O ângulo não favoreceu minha forma física)

E vocês já aproveitaram o descontinho da Bala de banana? Confere aqui ó!

O bizarro mundo da fotografia infantil

Hoje fui levar o Vítor para tirar as fotos de 3 meses dele no estúdio (ele está com quase 4, mas abafa o caso). Toda vez que chego lá enlouqueço: um mês colocam a criança num balaio tipo de índio, outro mês fizeram eu sentar numa coisa de madeira (ui!) com ele no colo (sim, mãe também tem que pagar mico e sair nas fotos!).

Agora adivinhem qual foi a ideia maravilhosa do mês? Malas! Sim, malas, daquelas maletas antigas. Duas. Uma maiorzinha e outra bem pequena. Isso depois de eu ter dispensado um urso gigante mais pra bege do que branco tipo sujo.

Alguém me explica: why? Qual o motivo insano de fotografar uma criança com malas? Ele vai viajar? Fugir de casa? Não! Então não vejo nenhuma explicação!

Tudo bem que o balaio tipo cesto não me parece mais adequado. Meu filho não é uma fruta! Muito menos qualquer outra coisa que se guarde em balaio (não consegui lembrar de mais nada que é colocado em um, mas ok).

Além do mais, eu coloquei uma roupinha toda rock’n’roll na pequena criança. All star, calça justinha, body de caveiras e canguru preto. Super combinando com as malas antigas, né?!

Mas depois de tanta reclamação e mimimi vocês podem me perguntar o motivo de eu levar o Vítor nesse estúdio se eu sei que é sempre assim. Simples, eu explico! A palavra é: promoção. Você leva o bebê todo mês e quando ele completa 1 aninho ganha um poster gigante.

Eu simplesmente amo a palavra promoção. É mais forte do que eu. É algo irresistível. Sem falar que o estúdio em questão é um dos melhores da cidade (lembrando que moro numa cidadela minúscula pequena do interior do RS). Fazer o que, né?! E apesar de tudo quando as fotos chegam eu fico BA-BAN-DO! Nada que um photoshop e um bebê lindo não resolvam! #mãemodesta