Arquivo da tag: chá

A escola

Já comentei aqui do que espero de uma escolinha. Agora quero colocar um pouquinho da minha experiência de mãe chata que procura a escola perfeita.

Moro numa cidade pequena e não tenho muitas opções. Visitei alguns lugares e consegui vaga numa das minhas preferidas. O que eu levei em conta na hora de escolher:

– Ambiente alegre e colorido.
– Salas com ar condicionado.
– Sistema de interfone (assim a professora nunca deixa as crianças sozinhas, tudo que ela precisa solicita por interfone).
– Portão sempre fechado e trancado.
– Organização (toda comunicação da escola é por escrito pela agenda, assim sempre fico sabendo tudo que o Vítor fez, comeu e que horas).

Além disso, as professoras são atenciosas e muito carinhosas com as crianças, o que conta mais do que qualquer detalhe de estrutura física.

O Vítor se adaptou muito bem à escola, começou ficando apenas algumas horinhas e depois de uma semana e meia já ia o dia todo.

De modo geral não posso reclamar.

MAS… (sempre tem um mas!)

A única implicância que eu tenho com a escola é em relação à alimentação. Tá, o Vítor ainda não come, porém logo vai começar. E eu quero evitar o máximo possível algumas coisas como açúcar e frituras. E daí, como faz?

Por enquanto orientei a escola a não colocar açúcar no suco e no chá que é oferecido para ele. Depois vamos ver como vai ser, um passo de cada vez, não?! Devagar vamos nos ajustando (eu e a escola, a escola e eu).

Anúncios

Um post cheio de fotos…

…para pedir desculpas pela minha ausência!

Vamos então aos fatos e as fotos.

Vítor continua o galã do balde. Ele adora o banho! É sucesso absoluto aqui em casa.


Mas a grande “moda” agora é ficar sentado com apoio. Coloco ele encostado no sofá e ficamos batendo o maior papo. De vez em quando ele fica sentadinho olhando o Dexter brincar no chão. Sem falar nas mãozinhas. Fica segurando uma na outra. Dá um look aqui na foto que mimo!


E por falar em mãos, o Vítor começou a descobrir também texturas. Ele gosta de passar a mão em objetos de materiais diferentes e um dos seus favoritos é a pelúcia. Olha aqui ele e o amigo macaco!


E para terminar o post em pedaços uma foto do Vítor com a bisa Ica. A dupla participou de um desfile de moda em um chá em homenagem ao dia da vovó!


Parabéns para todas as vovós pelo dia de hoje!

Volto amanhã, prometo!

Aliás, amanhã vai rolar o sorteio dos 6 meses do blog. Todos participando?! Confere AQUI!

Crescimento

Sexta, dia 10, o Vítor completou 2 meses. Eu já percebo uma grande evolução desde que ele nasceu. E não é apenas em relação ao tamanho, mas também no que se refere ao desenvolvimento dele.

Fica aqui um pouquinhos dos nossos 2 primeiros meses com o nosso pitoco 🙂

Com 1 mês:

– Gostava de ser ninado no colo para dormir.
– Começou a dormir 6 horas seguidas (ou mais) na terceira semana (para a felicidade geral da casa).
– Nos primeiros dias não curtia muito o banho (chorava bastante, tanto na água quanto na hora de colocar a roupa).
– Experimentou o banho de chuveiro e adorou.
– Ficava com frio na hora de trocar a fralda (pela falta de prática da mãe que levava horas para completar a tarefa).
– Teve a primeira gripe.
– Curou a icterícia.
– Começou a tomar complemento de NAN na mamadeira (geralmente 1 vez por dia).
– Fechou o mês com 4,220 quilos e 52 cm.

Com 2 meses:

– Geralmente dorme sendo embalado no carrinho.
– Durante o dia pega no sono sozinho, deitadinho no carrinho ou no bebê conforto.
– Ainda passa a noite no quarto da mamãe.
– Está com o sono bem regularizado.
– Experimentou o banho de balde e amou!
– Não chora mais para tomar banho, pelo contrário… já começa a sorrir na hora de tirar a roupa.
– Não teve assaduras.
– Fica olhando para o móbile e sorrindo na hora de trocar a fralda.
– Teve dor de ouvido.
– Ficou ruinzinho da barriga e seguindo orientação do pediatra tomou chá de ameixa (sem careta!).
Sorri quando a gente conversa com ele.
– Começou a firmar o pescoço (algo meio dancinha Fat Family).
– É fascinado por luzes e lustres.
– Repara nos ambientes (fica observando logo que chega em algum lugar diferente).
– Assiste televisão (adora seus DVDS com musiquinhas).
– Conheceu os avós paulistas.
– Adora passear no sling com a mamãe e o Dexter.
– Fechou o mês com 5,280 quilos e 53 cm.

Chá do Vítor

Já tinha falado aqui sobre os meus planos para o chá do Vítor. Tinha decidido fazer duas festinhas: uma para a família e outra para as minhas amigas.

Bem… as comemorações foram no fim de semana que passou. Deu tudo certinho, tanto no sábado quanto no domingo. Fui muito mimada por pessoas queridas e o Vítor faturou vários presentinhos lindos! Sem falar no estoque power de fraldas que a mamãe aqui adorou!

E olha que coisa! Semana passada comentei que tinha comprado alguns itens que faltavam e também chupeta e mamadeira, caso seja necessário. Pois vejam só! Chupeta que não vai faltar agora. Além da que eu já tinha em casa, ganhei mais 3!

Só teve uma que não foi muito bem vista pelo papai. Agora ele vai ter que procurar um modelo do São Paulo para continuar tudo igual aqui em casa.

Convites para o chá de bebê

Hoje choveu e o plano das fotos teve que ser adiado. Aproveitei a presença da Paula e começamos a pesquisar modelos de convites para o chá de bebê do Vítor. A ideia era não gastar muito, mas mesmo assim fazer algo diferente.

Escolhido o estilo, fomos na gráfica e no supermercado comprar os itens necessários. Depois… hora de colocar em prática nossos dotes artísticos (not!).

Tivemos a ajuda do papai mega empenhado Fábio e da minha irmã mais nova, a Rafa. Foi uma verdadeira equipe!

Aqui o resultado do convite com sachê de chá. O gasto total foi de R$9,00 para 19 convites. O material usado foi: régua, tesoura, cola bastão, papel color set, folhas de desenho e caneta preta. Além dos chazinhos (2 caixas com 10 sachês cada uma).




Sobre o chá de bebê do Vítor:

Vou fazer 2 chás para o baby. Um no sábado, dia 12/03, para família e outro no domingo, dia 13/03, para as minhas amigas. Achei melhor assim para poder dar mais atenção aos convidados e conseguir conversar um pouquinho com cada um.

Sei que o trabalho vai ser dobrado, porém acredito que vai valer a pena.

Também aproveitei a dobradinha de festas e pedi fraldas tamanho P para as amigas e tamanho M para a família. Assim não fico com um milhão de pacotes do mesmo tamanho 😉

* O modelo dos convites eu peguei daqui ó: Conhecendo seu bebê