Arquivo da tag: exemplos

Um início de virada

Escrevi meses atrás um post com o título “A virada“. Falei da vontade de mudar uma série de coisas na minha vida e na rotina familiar.

Não consegui registrar como gostaria o processo, mas eis que retorno para contar um pouco de como estamos, exatamente 3 meses depois.

Vou comentar cada meta que estabeleci.

ALIMENTAÇÃO

Objetivos diários:
– Fazer as refeições na mesa de jantar e com a televisão desligada. A maioria das refeições passou a acontecer na mesa. Antes, a gente acabava comendo no sofá mesmo, na frente da TV.
– Incluir saladas e frutas pelo menos duas vezes por dia na alimentação de toda a família. O Vítor sempre comeu no mínimo duas frutas e o Fábio também aceita bem. Quem ainda precisa melhorar sou eu, que volta e meia acabo pegando um lanche qualquer ao invés de uma maçã, por exemplo. No que se refere à salada, aí a coisa complica. Temos variado bastante na hora do almoço, mas no jantar acaba passando batido por muitas vezes.

Objetivos para daqui 3 meses:
– Fazer lista para ir ao supermercado. OK
– Fazer uma grande compra por semana e deixar para comprar apenas pão e frios aos poucos. OK
– Almoçar e jantar em casa nos dias de semana. Almoçamos e jantamos em casa na maioria dos dias. Deixamos para sair uma ou duas vezes por semana, inclusive no sábado.
– Estabelecer sexta à noite como o dia da pizza. Conseguimos diminuir o número de vezes por semana que comemos pizza. Acredito que alcançamos a meta de uma vez, mas não necessariamente na sexta.
– Almoçar fora no sábado. OK
– Sábado à noite a janta é livre: não precisa ser comida, pode ser um lanche. OK

CASA

Objetivos diários:
– Manter a casa em ordem e tentar varrer e passar pano pelo menos na sala e na cozinha todos os dias. OK, nem sei como temos conseguido, mas melhoramos bastante em relação aos cuidados com a casa.

Objetivos para daqui 3 meses:
– Tirar o Vítor do berço e colocá-lo para dormir em um colchão no chão. A transição foi super tranquila e o resultado muito positivo.
– Passar aspirador no sofá e no tapete do quarto do Vítor pelo menos uma vez por semana. No sofá tenho passado, mas no tapete não é mais necessário, pois me livrei dele e optei por um modelo de E.V.A., muito mais prático.

FILHOS

Objetivos diários:
– Ler pelo menos um livro por dia para as crianças. Leio bem mais para as crianças, mas ainda não chegamos em um livro por dia.
– Ter um momento em família, com todos reunidos, além das refeições. Tem acontecido, mas ainda podemos investir mais tempo em momentos juntos, os quatro.
– Respeitar o horário de acordar e o de dormir (9h e 21h). Adaptamos o horário para 10h e 22h. Tem funcionado.
– Falar para cada um, à noite, sobre um dos bons momentos do dia (algo legal que fizeram, quando se comportaram ou conseguiram algo novo – para trabalhar a autoestima e reforçar o bom comportamento). Começou muito bem, porém de vez em quando esqueço. É necessário melhorar.

Objetivos para daqui 3 meses:
– Diminuir o tempo na frente da televisão. OK, mas ainda preciso diminuir o tempo na frente do computador.
– Evitar gritar com as crianças. Estou me controlando bem mais, embora uma vez ou outra escape um grito, especialmente com o Vítor, quando ele morde ou bate.

EU

Objetivos diários:
– Passar creme no corpo. Impossível. Nos últimos três meses devo ter feito isso umas cinco vezes, no máximo.
– Ler um pouco a cada dia. Nem sempre acontece e, quando acontece, são leituras do mestrado. Queria ter mais tempo para ler por prazer, livros da minha escolha.

Objetivos para daqui 3 meses:
– Cuidar mais de mim (isso envolve cremes, maquiagem – mesmo que básica -, fazer as unhas, usar salto de vez em quando, me vestir melhor). Tenho investido nisso, embora ainda possa melhorar bastante.
– Comprar maquiagem. OK
– Comprar pelo menos um sapato de salto. Comprei três, mas já quero me livrar de todos! Ô terror usar salto, hein?!
– Comprar roupas novas (depois de dois filhos em dois anos isso é mais do que necessário). Aproveitei a época do Natal e consegui investir um pouco em roupas novas e mais coloridas. Antes, eu vivia me escondendo em peças pretas e largas.
– Terminar os dois artigos que faltam do mestrado. OK
– Fazer o meu projeto de dissertação. Em andamento!
– Entrar em um grupo de pesquisa. OK
– Mudar a cara do blog. OK

De modo geral, penso que consegui trabalhar uma série de coisas que estavam me incomodando. Além disso, pedi demissão e agora tenho a oportunidade de me dedicar mais aos meus filhos, o que faz muita diferença. Sou eu a responsável direta pelo que eles comem ou deixam de comer, pela hora que levantam, tiram a soneca, vão dormir, enfim, pelos cuidados efetivos na rotina dos dois. Isso é um motivo a mais para eu me preocupar com os nossos hábitos e investir casa vez mais em bons estímulos e exemplos adequados.

Mesmo com a evolução, ainda tenho pontos para melhorar e é nisso que quero focar agora. Então, muito trabalho ainda pela frente! Quem sabe daqui 3 meses volto para a ista e faço uma nova análise? Fica a ideia.