Arquivo da tag: mamada

Socorro!

Ou:

O peito ambulante

Ou ainda:

A criança birra

Bom, para começar preciso dizer que a nossa rotina não existe mais. Tudo que estava lindo e maravilhoso acabou num passe de mágica. Na verdade o motivo foi a dor de ouvido que o Vítor teve semana passada. Ela bagunçou todo nosso esquema e trouxe de volta a livre demanda. Não que eu seja contra, mas as coisas do jeito que estão atualmente não me agradam nenhum pouco. Em relação as coisas do jeito que estão agora entenda-se: bebê mamando de hora em hora, chorãozinho e com dificuldade para dormir.

Tá, tenho que ser justa. O Vítor ainda dorme bem de noite/de manhã (o horário de sono profundo dele costuma ser mais ou menos das 2 da madrugada às 9 da manhã).

Ok, é tudo que uma mãe pode querer, de 6 a 8 horas de sono direto por dia. Mas acontece que no resto do tempo ele tá sempre grudado em mim. Além disso, as sonecas estão super curtinhas (às vezes menos de meia hora) o que deixa o Vítor chatinho, digamos que de mau humor.

Porém, o problema mesmo está na amamentação. Ele mama uns 10 minutos e começa a “brigar” com o peito. Faz birra, chora, não quer mais saber. Coloco ele no outro seio e… pronto! Tudo resolvido por mais uns 10 minutinhos. Daí a novela recomeça. Faz birra, chora, não quer mais saber.

Isso tem me deixado mega cansada. Primeiro pelo desgaste físico (lembrem-se: ele está mamando quase que de hora em hora) e depois pelo emocional (pois ele berra daquele jeitinho especialmente desesperado).

Geralmente eu tento acalmar e insisto para que ele mame mais um pouco. Ele até pode pegar o peito de novo, mas não por muito tempo. Chororô mais uma vez. Fico em pé com ele no colinho e dou uma volta pela casa.

Às vezes ele acalma e chega a dormir. Ou então continua chorando. Quando a opção 2 acontece eu busco minha querida amiga (#not) mamadeira. Então ele fica quietinho de vez e chega a dormir.

Acontece que eu quero evitar ou até abolir a mamadeira. Entretanto, assim fica cada vez mais difícil. Só que fico sem saber o que fazer. HELP, please!

Além de sugestões para contornar o problema preciso entender o motivo da birra com o peitão! Vamos as opções:

A) Pouco leite.

Realmente a minha produção parece ter reduzido. Porém, quando ele começa a ficar irritado no peito eu verifico e tem leite.

B) Sono.

Talvez. Mas acontece praticamente em todas as mamadas, então acho difícil que a criança viva com sono (sendo que ele mama assim que acorda).

C) Ele já está satisfeito.

Acho difícil, pois se a gente oferece a mamadeira ele sempre aceita.

D) Ele recusa o peito, pois afinal… mamadeira é muito mais fácil mesmo.

É a opção mais temida, mas pode ser, né?! Isso que tento dar no máximo 2 mamadeiras por dia (como complemento, depois de amamentar e somente se necessário).

E) Manha.

Não acredito, mas enfim…

Alguma outra possibilidade? Alguém já passou por isso com o seu filhote?

Anúncios

A novela da amamentação

Tá, eu nunca achei que ia ser fácil. Mas também não esperava que seria tão chatinho complicado.

Na verdade eu nem pensava muito sobre a amamentação. Confesso que não fiz nada para preparar os meus seios como indicaram no curso de gestantes. Pulei esse capítulo do livro “gravidez”.

Por sorte meus seios não racharam e não tive nenhuma complicação maior. Meu problema mesmo é em relação aos horários das mamadas. Eu e o Vítor não estamos nos entendendo. Quer dizer… de dia sim, nossa relação é maravilhosa. Baby mama mais ou menos de 3 em 3 horas. Já durante a noite a história é outra.

Acontece que a mãe querida e amada PRECISA dormir. Sim, clamo por horinhas tranquilas de sono profundo (hahaha, sonho!). Mas o que acontece? Vítor fica grudado no peitão! PEN-DU-RA-DO! Mama sem regularidade nenhuma, vai de um seio para o outro com intervalo apenas para encher a fralda, ser trocado e resmungar um pouquinho.

Gente, o que eu faço???

Eu estou surtada com isso. Ele chega a ficar mais de 2 horas acordado no meio dessa novela toda. E não adianta balançar, cantar, dançar. O negócio é peito mesmo.

Daí que fico mega mau humorada, quase dormindo em pé, com os seios doloridos.

Alguém já passou por isso? Alguma solução, pó mágico para dormir ou sonífero?