Arquivo da tag: manha

Bebê adolescente

O Vítor virou um bebê adolescente e eu nem percebi. Largou a chupeta por conta própria, não quer mais deitar, só ficar sentado ou em pé. Fez uma tatuagem e colocou um piercing. Deixou de lado as sonecas e a hora de dormir virou um terror. Sair do banho é guerra. Chora, grita, se joga para trás. Revoltadíssimo! Chega a parecer endiabrado.

E eu? Fico louca. Nunca achei que um bebê tão pequeno podia fazer tanta birra. O negócio é fechar os olhos, respirar fundo e contar até 10.000. Vai passar, vai passar, vai passar (todas mentaliza!).

***

E daí que hoje é o Dia da Criança. Não vou entrar na discussão de data comercial, estratégia de marketing e o diabo a quatro.

Quero apenas deixar uma lembrança pela data e um link para um texto da querida Dani, do Balzaca Materna. Diz muito sobre o que sinto em relação ao Dia da Criança.

***

E hoje estou também no ‘A hora é agora‘. O blog é fruto do projeto experimental das alunas Laila Balsamão e Taís Maciel, que estão se formando no curso de Comunicação Social da UFMG.

Agradeço a Taís pela oportunidade de participar desse belo projeto. E não deixem de conferir a minha participação, ok? É só acessar por aqui ó!

The dark side

A coisa tá feia por aqui. Vítor anda super chatinho e manhoso. Coloca tudo na boca e parece bem incomodado. Acho que são os dentinhos chegando. Ele chora enquanto mama e fica esfregando a mamadeira na gengiva. Além disso, largou a chupeta. Não aceita mais de jeito nenhum.

As noites estão sendo super complicadas. Tô tentando colocar o Vítor no quarto dele para dormir no berço. Ele ainda ficava no carrinho, no nosso quarto, mas o espaço estava limitado demais. Sem falar que a gente não conseguia nem conversar um pouco antes de dormir, sussurava para não acordá-lo. Porém ele não tem aceitado bem. Demora para pegar no sono, fica resmungando. Sem falar que passou a acordar durante a madrugada (dormia direto antes).

Somem tudo isso ao fato de eu estar trabalhando o dia todo e o resultado é uma mãe cheia de culpa, cansada e sem paciência.

Tá difícil. Tem dias que deito na cama e não consigo nem sequer dormir, pois minha mente está super acelerada e não consigo relaxar. Já fico pensando no próximo dia e em tudo que tenho para fazer.

Então peço desculpas se não conseguir responder os comentários e visitar os blogs das amigas por um tempo. Sinto a maior falta do meu cantinho aqui quando o tempo fica curto, mas não tem jeito. Assim como as coisas estão quando chego em casa tudo que eu quero é ficar juntinho do meu bebê cuidando dele.

Um beijo grande e obrigada pelo carinho de sempre!

Da série: coisas que me deixam FURIOSA

* Vendedoras, atendentes ou qualquer criatura que se acha íntima e me chama de “mãezinha”.

* Pessoas que não podem ouvir o Vítor chorar que abrem a boca para dizer: “É fome”.

* Pessoas que não podem ouvir o Vítor chorar que abrem a boca para dizer: “É manha!”.

* Pessoas que repetem o tempo inteiro que tudo que eu comer ou beber vai dar cólica no bebê. TU-DO. Principalmente: chocolate, refrigerante, feijão e chimarrão. Gente, deu, tá?!