Arquivo da tag: motivação

A virada

Nos últimos dias ando muito pensativa. Tenho percebido uma série de coisas que gostaria de mudar: na rotina, na casa, em mim mesma e em como estamos criando os nossos filhos. Não que esteja tudo ruim… não é isso. Mas percebo que a gente vive um dia de cada vez, sem muito planejamento, e quando vemos deixamos passar algumas coisas que poderiam ser melhores.

A Clara nasceu, mudamos de apartamento e ainda estou de licença. Acredito que seja o momento certo para estabelecer novos hábitos e criar um ambiente familiar mais adequado, dentro do que esperamos e queremos para os nossos filhos.

Então, depois de refletir, chegou a hora de agir. Fiz um esquema de metas e estou me propondo a compartilhar aqui no blog. A ideia é postar toda noite um resumo, quase que um relatório do dia (entre segunda e sexta). O fim de semana vai ser abordado em um post único, no domingo à noite.

Claro que sou mãe e algumas coisas são imprevisíveis. Então, o negócio não vai ser militar (ou seja, não se preocupem se eu falhar um dia ou outro… provavelmente não vai ser por falta de vontade).

Vou me organizar em quatro eixos: alimentação, casa, filhos e eu. Terei objetivos diários e para atingir no prazo de 3 meses (quando termina minha licença e vou voltar ao trabalho). Vem comigo?

ALIMENTAÇÃO

Objetivos diários:
– Fazer as refeições na mesa de jantar e com a televisão desligada.
– Incluir saladas e frutas pelo menos duas vezes por dia na alimentação de toda a família.

Objetivos para daqui 3 meses:
– Fazer lista para ir ao supermercado.
– Fazer uma grande compra por semana e deixar para comprar apenas pão e frios aos poucos.
– Almoçar e jantar em casa nos dias de semana.
– Estabelecer sexta à noite como o dia da pizza.
– Almoçar fora no sábado.
– Sábado à noite a janta é livre: não precisa ser comida, pode ser um lanche.

CASA

Objetivos diários:
– Manter a casa em ordem e tentar varrer e passar pano pelo menos na sala e na cozinha todos os dias.

Objetivos para daqui 3 meses:
– Tirar o Vítor do berço e colocá-lo para dormir em um colchão no chão.
– Passar aspirador no sofá e no tapete do quarto do Vítor pelo menos uma vez por semana.

FILHOS

Objetivos diários:
– Ler pelo menos um livro por dia para as crianças.
– Ter um momento em família, com todos reunidos, além das refeições.
– Respeitar o horário de acordar e o de dormir (9h e 21h).
– Falar para cada um, à noite, sobre um dos bons momentos do dia (algo legal que fizeram, quando se comportaram ou conseguiram algo novo – para trabalhar a autoestima e reforçar o bom comportamento).

Objetivos para daqui 3 meses:
– Diminuir o tempo na frente da televisão.
– Evitar gritar com as crianças.

EU

Objetivos diários:
– Passar creme no corpo.
– Ler um pouco a cada dia.

Objetivos para daqui 3 meses:
– Cuidar mais de mim (isso envolve cremes, maquiagem – mesmo que básica -, fazer as unhas, usar salto de vez em quando, me vestir melhor).
– Comprar maquiagem.
– Comprar pelo menos um sapato de salto.
– Comprar roupas novas (depois de dois filhos em dois anos isso é mais do que necessário).
– Terminar os dois artigos que faltam do mestrado.
– Fazer o meu projeto de dissertação.
– Entrar em um grupo de pesquisa.
– Mudar a cara do blog.

O desafio vai ser grande, mas acredito que vai valer a pena. Espero conseguir deixar a nossa família mais unida e proporcionar bons momentos para as crianças.

Além disso, preciso me resgatar e trabalhar a minha própria autoestima. Toda vez na hora de sair é uma novela. O problema não é o peso, mas não tenho roupas adequadas ao meu corpo atual e, assim, não me sinto bonita.

Então, conto com a motivação de quem passar por aqui. Pretendo também compartilhar ideias de brincadeiras e passeios com crianças. Inclusive, aceito sugestões, viu?

Hoje à noite conto um pouquinho do dia 1 do nosso “Projeto família”. Boa sorte pra gente!

Anúncios

Blogagem coletiva: “Nós, os pais”

Por Fábio

“Amor, estou grávida!”

Esta foi a frase que deu início a minha mudança de papel na vida. A partir de então eu não seria mais filho, eu seria pai. Um pai! Meu Deus, que legal!

Sim, no começo foi só felicidade. Fiquei imaginando uma criança me chamando de pai, correndo pela casa, fazendo bagunça e enchendo a vida de alegria. Isso foi o que pensei no primeiro mês, até porque as mudanças demoram um pouco. No início, a barriga ainda não denúncia toda a revolução que está por vir e a rotina do casal continua a mesma.

Mas conforme o tempo vai passando começa a “cair a ficha”. O primeiro ultrassom define o momento e surge o peso da responsabilidade. Eu nunca convivi com criança pequena, meus irmãos e primos são da minha idade ou mais velhos. Nunca tive bebê na família, nunca cuidei de um, não tenho nenhuma experiência. Além disso, tem a questão financeira. Isso sim foi e ainda é um pesadelo pra mim! Não tenho renda fixa, trabalho com investimentos e tem meses que é muito bom, outras vezes nem tanto. Aí que você começa a ver preço de berço, carrinho, fraldas,… Nossa, quanta coisa!

É então você percebe que realmente um filho exige muito cuidado e planejamento. Acho que ganhei alguns cabelos brancos antes de descobrir isso tudo na prática.

Durante a gravidez o pai é um suporte, precisa ser um poço de paciência. São enjoos, vontades, mudanças de humor,… É preciso estar atento, ficar junto. Às vezes o sentimento é de incapacidade, quando o Nanda começa a reclamar que dói aqui, dói ali. Eu me sinto mal de não poder ajudar, não poder fazer nada para aliviar.

No entanto, é incrível o quanto muda o psicológico de um pai, mesmo quando o bebezinho ainda está na barriga. Tudo que faço penso primeiro no Vítor. Ele é minha motivação, ganhei força extra para me preparar para todas as mudanças que ainda vão acontecer.

Estamos curtindo bastante a gravidez e agora no final dá uma sensação de que tudo passou muito rápido, afinal só falta um mês e meio. Entretanto, estou ansioso para a chegada do Vítor e não vejo a hora de ter o meu filho nos meus braços!

* Fábio Augusto, 30 anos, paulista, desbravando o Rio Grande do Sul, a vida de casado e a paternidade.

** Outros blogs que estão participando da blogagem coletiva:

1+1 são três
A mamãe chegou
Aprendiz de mãe

B de Bel

Beto, Beta, Bia e Leo
Carol e suas baby-bobeiras
Coisa de Mãe
Coisas de Carolina
Coisas de mãe
Conversa pra Mãe Dormir
Diário de uma mãe com mais de 30
Diário de uma mãe polvo!
Diversão em família

Especial é Ser Criança
Eu com os 4
leite e prosa
Lilata e os gatos
Mãe da Rua
Mãe de Duas
Mãe do Bento
Mãemorial
Mamãe 24h
Mamãe do Matheus
Mamãe pela 2ª vez!
Mamãe Tá Ocupada!!!

Mamma Mini
Meus filhos, minha vida!
Minha pequena e eu…
O mundo de Sofia
Para Mariana
Pedaços de mim

Pelos Cotovelos e Cotovelinhos
Projetinho de vida
Quase MÃE, Quase PAI
Super Duper

Tagarelices de uma filha, Pensamentos de uma mãe
Viajando na Maternidade

Vinhos, viagens, uma vida comum… e dois bebês!

What Mommey Needs