Arquivo da tag: mudanças

Desejos

O melhor ano da minha vida começou com um chute na barriga. Talvez pelo barulho dos fogos ou por eu ter comido demais na ceia. Só sei que desde o primeiro segundo de 2011 o Vítor quis mostrar que estava ali, vivo e cheio de energia.

Embora os primeiros meses do ano tenham sido de constantes descobertas com a gravidez, posso dizer que o dia 10 de abril marcou um recomeço. Meu coração foi se enchendo de amor com a mesma velocidade que meus seios foram se enchendo de leite naquela sala de parto. Nasceu ali um bebê, uma mãe, um pai, uma família e um amor inexplicável.

Amor este que nos acompanhou a cada dia de 2011. Nos alegres, nos tristes, nos de desgaste extremo. Amor este que não deixa de crescer por um segundo sequer.

Que 2012 seja tão maravilhoso quanto este ano que está terminando. Que eu possa me renovar a cada sorriso do Vítor. Amém!

Novo layout

O blog tá de cara nova! Ainda devo mudar algumas coisinhas, mas pouca coisa. Espero que gostem!


* O sorteio de comemoração dos 6 meses do blog ainda tá valendo. Participe AQUI!

Blogagem coletiva: As marcas do amor

O Vítor completa 1 mês amanhã e eu ainda não me encontrei depois do nascimento dele. Vivo me desdobrando para conseguir atender bebê, marido, cachorro e tarefas domésticas. Falta tempo para dar conta de tudo e no meio de tanta coisa acabo me deixando de lado.

Sei que estou errada, mas acho que faz parte do processo de adaptação com a nova vida. Penso que é apenas uma fase e que logo tudo entra numa “rotina” (existe rotina na vida de quem tem filho?).

Não reclamo do momento que vivo agora. No entanto, tenho que confessar que às vezes dá vontade de sair correndo e deixar tudo do jeito que está. Quando isso acontece tento dar uma volta, ir na casa da minha mãe, de uma amiga, enfim… apenas me desligar um pouco e me distrair.

É inegável que a maternidade muda tudo na vida de uma mulher. Nem todas as mudanças são fáceis, aceitá-las é um processo que pode demorar um pouco. Contudo, nada que uma risadinha banguela não ajude. É a melhor recompensa depois de um dia longo e difícil.

* Achei que nem ia conseguir escrever para a blogagem coletiva de hoje. O texto ficou curtinho, mas enfim… pelo menos consegui participar! Confere também a postagem da Juu, do blog “Era uma vez nós três“!