Arquivo da tag: papinha

Aniversário verde: pote de papinha

Os potes de papinha com brigadeiro de colher ou balas são sensação quando o assunto é aniversário de criança. Eu adoro a ideia, primeiro pela questão do reaproveitamento de uma embalagem, mas também pela fofura dos vidrinhos decorados.


Foto by Débora Beyer, tirada daqui.

Outra possibilidade é colocar mousse de chocolate ou qualquer doce, porém deve ser considerada a época do ano em que vai acontecer a festa (imagine o estado de um mousse no potinho em pleno verão, não iria durar nem dez minutos intacto).

Pretendo usar as embalagens no aniversário do Vítor para colocar brigadeiro de colher, porém não sei se como lembrança, talvez para comer durante a festa mesmo.

Os vidrinhos são fáceis de decorar e a dica é válida para mães-não-muito-habilidosas. Digamos que o potinho é do módulo 1 da série faça você mesma sem cortar um dedo fora ou ter um resultado pavoroso.

Tutorial e algumas ideias no blog que eu adoro ‘Hoje vai ser uma festa!‘. Vale a pena conferir a página que antes era feita pela Débora, no entanto atualmente conta com outras colaboradoras (não menos importantes!).

6 meses

Segunda o Vítor completou 6 meses! Mamãe atrasa, mas não falha… então aqui está o ‘relatório do mês’:

Com 6 meses:

Regulou e desregulou o sono.
– Geralmente dorme no berço.
– Faz menos sonecas (duas ou três por dia).
– Continua com a mão sempre na boca e babando muito.
– Tem paixão por espelhos.
– Estende os braços para vir no colo da gente.
– Adora o banho e briga muito na hora de sair.
– Dormiu fora de casa e sem a mamãe pela primeira vez, foi na casa da vovó Adriana, pois a mamãe e o papai estavam doentes.
– Começou a comer mamão e maçã com frequência.
– Provou pela primeira vez uma papinha Nestlé, sabor uva. Gostou bastante!
– Fica enfeitiçado quando vê Coca-Cola, mas nunca provou (acho que é pela cor vermelha da embalagem, também fica hipnotizado com extintores de incêndio).
– Começou a brincar mais tempo sozinho, pegando seus bichinhos e ursinhos.
– Anda meio revoltadinho, bebê adolescente.
– Saldo médico do mês: virose e catapora.
– Aprendeu a sentar.
– Começou a curtir o Dexter e a interagir com ele.
– Fechou o mês com 8 quilos e 64 cm.

Mais sobre papinhas

Acabaram as dúvidas: decidi adiar a introdução de papinhas na alimentação do Vítor. Só leitinho e suquinho, pelo menos por enquanto.

Acho que vai ser melhor assim. Tentei começar as frutinhas, mas não rolou. Muita cara feia, um bebê praticamente dentro de um prato de mamão e uma mãe insatisfeita. Não era a hora, ok, vamos esperar mais um pouco.

E que ninguém fale: “Ah, mas no início é assim, tem que insistir um pouquinho que depois ele come”. Eu sei que é assim, mas nem por isso vou SOCAR comida na boca do meu filho de QUA-TRO meses. Ele é pequeno demais, gente! Tudo tem seu tempo… e o nosso não é agora.

Na hora certa eu insisto. E tenho dito.