Arquivo da tag: pulmões

Ultrassom, berço e consulta

Ontem o dia foi super corrido. A maratona começou de manhã. Logo cedo eu tinha ultrassom marcado e lá fomos nós (eu e o Fábio) conferir como está o Vítor.

Estou com 30 semanas e o baby já pesa 1.679 gramas. O comprimento aproximado é de 38 cm. Pelo jeito vem aí um bebezão!

Além disso, vimos que o Vítor está de cabeça para baixo. No entanto, ainda é cedo e isso não diz muita coisa em relação ao parto.

Depois do ultrassom voltamos para casa e comecei a arrumar algumas coisinhas no armário do bebê. Minha mãe já lavou e passou todas as roupinhas, agora só falta acabar de separar tudo por tamanho. Percebi que tenho um monte de coisa pequenina (tamanho RN e P, peças que devem servir até o 3º mês no máximo). Mas foi bom começar a me organizar, assim posso fazer uma lista bem objetiva para o chá do Vítor.

Na sequência do momento organização Maria chegou a hora mais aguardada do dia: receber o berço! Sim, ele já está no quartinho do Vítor, todo lindo e mimoso! Ainda não tirei fotos, porém em breve coloco uma aqui.

Coisa gostosa ter o berço montado em casa. Dá a verdadeira sensação de “eu vou ter um filho e falta pouco”. Bobagem de gravidinha ansiosa! 🙂

E para completar o dia dedicado totalmente ao baby eu tinha consulta com a GO no fim da tarde. Pressão normal, medida da barriga ok, peso certinho. Mas eis que na hora do exame de toque recebemos uma surpresa: 1 cm de dilatação. Isso mesmo, cedo assim.

Eu tinha sentido na semana passada uma contração, mas foi isolada e nem dei muita bola (pensei até que podia ser só mais uma das acrobacias do Vítor). Comentei com a médica e ela disse que não necessariamente foi isso que ocasionou o início da dilatação.

Anyway… a recomendação é repouso. A GO também indicou 2 injeções para acelerar o amadurecimento dos pulmões do bebê (caso ele decida nascer antes de fechar pelo menos 36 semanas).

Fiquei meio tristinha depois da consulta. A notícia me deixou com receio de um parto prematuro. Não dormi muito bem de noite, cabeça a mil.

Hoje acordei um pouquinho mais animada, afinal, a dilatação pode não significar nada. A médica disse que posso tranquilamente ir até o fim da gravidez (ou seja, chegar até as 40 semanas). É só uma questão de seguir as orientações e ficar um pouco mais quietinha. Prometo me comportar!

Anúncios