Arquivo da tag: rapidinhas

Notícias rápidas

A dor no nervo ciático continua. Alguns dias mais fraca, em outros mais forte. Tem sido difícil trabalhar, principalmente por ter que ficar muitas horas seguidas sentada.

***

Na consulta, a médica me receitou um remédio para dor. Eu tomei um dia, mas não me senti muito bem. Achei a medicação forte e preferi evitar. Fiquei um pouco tonta e a Clara agitada. Sem falar no sono que deu. Vou deixar apenas para quando o negócio estiver insuportável.

***

Sobre o parto, ela disse que a dor das contrações deve disfarçar a do nervo. Será isso bom ou ruim? Tenho minha dúvidas.

***

Agora notícias do meu gurizinho! Vítor está a mil. Corre, brinca, joga bola, quer estar sempre no chão. Fase delícia demais, não canso de repetir!

***

Ruim é que ele continua mordendo os colegas. Terça teremos uma reunião na escola, vai ser uma oportunidade para conversar um pouco mais com a professora sobre a situação.

***

Algumas pessoas me falaram que pode ser ciúme ou algo assim, em função da minha gravidez. Eu acho bobagem. Primeiro porque creio que ele não sabe exatamente o que vai acontecer em breve (a chegada da irmã). Tudo bem que ele pode sentir algumas mudanças, mas dimencionar o nascimento de um bebê que ainda está na barriga e morder os outros por isso? Acho que não. Segundo porque o comportamento tem sido bem pontual. Ele bate ou morde quando alguém pega um brinquedo dele ou quando o tiramos de algo que ele está gostando (se está jogando bola, por exemplo, e o pegamos para ir fazer outra coisa, como almoçar). Então vejo como uma defesa, algo natural e que deve passar.

***

Não dei mais notícias aqui do concurso da Limetree! Quero agradecer muito quem votou no meu post. Consegui ficar entre os finalistas, infelizmente não levei nem o primeiro nem o segundo prêmio. De qualquer forma, vou receber uma bolsa e um livro pela classificação! Sem falar que muita gente leu meu texto, compartilhou histórias e se identificou. Só por isso já valeu, e muito!

***

Boa semana!

Um post cheio de fotos…

…para pedir desculpas pela minha ausência!

Vamos então aos fatos e as fotos.

Vítor continua o galã do balde. Ele adora o banho! É sucesso absoluto aqui em casa.


Mas a grande “moda” agora é ficar sentado com apoio. Coloco ele encostado no sofá e ficamos batendo o maior papo. De vez em quando ele fica sentadinho olhando o Dexter brincar no chão. Sem falar nas mãozinhas. Fica segurando uma na outra. Dá um look aqui na foto que mimo!


E por falar em mãos, o Vítor começou a descobrir também texturas. Ele gosta de passar a mão em objetos de materiais diferentes e um dos seus favoritos é a pelúcia. Olha aqui ele e o amigo macaco!


E para terminar o post em pedaços uma foto do Vítor com a bisa Ica. A dupla participou de um desfile de moda em um chá em homenagem ao dia da vovó!


Parabéns para todas as vovós pelo dia de hoje!

Volto amanhã, prometo!

Aliás, amanhã vai rolar o sorteio dos 6 meses do blog. Todos participando?! Confere AQUI!

Rápidas super rápidas antes que o bebê chore

Gente! Novidade: vou ser estrela de um filme. O nome já foi escolhido: “História de uma mãe panda. Baseada em uma noite não dormida”.

***

Um aviso: a história não é nenhum romance, é drama. Drama puro!

***

Agora vou falar sério: tô fazendo um intensivo especial para mães de primeira viagem. A primeira aula foi icterícia (confira a matéria aqui e aqui). Depois veio gripe e refluxo. O conteúdo problema da vez é infecção no ouvido.

***

Vítor tá ruim, ruim. Tadinho, a dor no ouvido atacou mesmo. Segundo o pediatra é tudo culpa do maldito refluxo. Leitinho volta e fica em um canal atrás do ouvido. Daí dá merda inflama.

***

E a mamãe, como fica? Um CA-CO! Noite passada dormi 40 minutos. Exatamente… 40 míseros minutinhos e ainda nem foi tudo de uma vez. Foram 20 às 4 da manhã e mais 20 às 7. O resto da noite? Buá, buá, buá, nhé, nhé (e muito tapas na cara da mãe e puxões de cabelo raivosos de um babyzinho louco de tanta dor).

***

E para completar tenho outras novidades. Uma boa e uma ruim. Qual vocês querem primeiro?

***

Tá, vou começar pela boa! Eu vou ser titia! Isso mesmo, a irmã do Fábio está grávida de 6 semanas. Família feliz e muitos vivas!

***

Já dei um conselho pra ela: dorme, cunhada! Dorme porque depois o bicho pega. Com sorte tu vai conseguir dormir direito quando teu filho tiver uns 25 anos (isso se ele não tiver um filho chorando no colo e te ligar de madrugada desesperado pra perguntar o que fazer – sim, eu fiz isso ontem, liguei para mãezinha).

***

Ah, agora a novidade ruim. Descobri estrias atrás do joelho. RÁ! Isso só acontece comigo, né?! Diz que não, por favor!

Rapidinhas da semana

* Terça de noite comecei a sentir dor na barriga, mas nada de contração, apenas uma sensação estranha. Na quarta acordei e ainda não estava me sentindo bem. Tentei falar com a minha GO, porém não consegui. A alternativa foi ir para o plantão do hospital da cidade, onde logo fui atendida. Recebi medicação para a dor e fiquei no soro por mais ou menos uma hora. A dor passou e em seguida minha médica chegou para ver como eu estava. Ela me examinou e verificou que estou com 2 cm de dilatação. Na metade de fevereiro eu já estava com 1 cm, agora aumentou um pouquinho.

* Pois não é que tem um pitoquinho que está louco para nascer?! A médica acredita que eu não vou até as 40 semanas, o Vítor deve chegar um pouco antes. Anyway, a recomendação segue a mesma: repouso (juro que estou me comportando quietinha em casa).

* Depois da visitinha antecipada ao hospital fiquei surtada. Vi que já está mais do que na hora de deixar tudo pronto. Hoje fui na farmácia e comprei mil coisinhas importantes como: gaze, algodão, álcool 70%, cotonetes, sabonete neutro, enfim… listinha básica. Além disso, eu me entreguei e resolvi pegar uma chupeta e uma mamadeira (just in case, nunca se sabe). Ambos os itens possuem bico ortodôntico. Achei melhor comprar logo e deixar guardadinho em casa do que sair correndo atrás depois.

* Ainda no momento surtotenhoquedeixartudopronto fiz a lista das malas de maternidade (da mamãe e do bebê). Separei algumas coisas e já comecei a montar. Mas sério, é muita coisa! Parece que vou passar um mês fora de casa!

Rapidinhas: para não ficar sem registro

* Ontem levamos o Dexter no veterinário e não recebemos boas notícias. Ele está com umas casquinhas e o diagnóstico é sarna. Isso mesmo! Tratamento: banho 3 dias seguidos com sabonete especial e depois folga de 5 dias. Em seguida tudo de novo! Além disso temos que dar um remédio pra ele (um oitavo de comprimido, em função do tamanho do sarnentinho bebê). Mas como se não fosse suficiente ele também tem uma hérnia. Pobrezinho do bicho! Vai ter que operar, porém ainda tem que esperar um pouquinho. Provavelmente vamos tratar primeiro a sarna e depois marcar a cirurgia.

Sorte que vai dar pra cuidar desses probleminhas antes do Vítor nascer. Sobre a gravidez x sarna o veterinário disse que é pra eu ter um pouco de cuidado e evitar contato direto com o Dex (pegar no colo, por exemplo). Assim não devo ter problemas.

* Tive consulta com a nutricionista e no últimos mês engordei apenas 1kg. Agora preciso me cuidar para manter o desempenho até o fim da gravidez. Ela vai montar um cardápio e vou ter que entrar na linha (ai de mim).

* Aproveitei a consulta na Unimed e verifiquei os planos disponíveis para o Vítor. Como meu plano é através da prefeitura (como dependente da minha mãe), vou ter que fazer um pro Fábio e colocar o baby de dependente dele.

Só que tem um porém bem grande na história. Como meu parto vai ser particular (a carência da Unimed para parto é de 10 meses), o bebê também vai entrar no sistema de carência. Explico: se meu parto fosse pelo plano de saúde o Vítor pularia a carência e já faria a primeira consulta com o pediatra e todos os exames iniciais pela Unimed.

É um saco, mas não tem o que fazer. O jeito é escolher o melhor plano pro papai e pro neném e esperar ele nascer. Com a certidão de nascimento o Fábio vai lá e resolve a história.

* Passei no hospital onde o Vítor deve nascer e peguei os preços dos pacotes de parto. Os valores estão dentro do que eu imaginava. Já que estava lá perguntei sobre a possibilidade de marcar uma visita para conhecer a maternidade. Fui informada que o setor está em reforma. Tenho que ligar mês que vem e então agendar o “passeio”.

* Comecei a viajar total nas ideias para o quartinho do Vítor. Aguardem que em breve eu conto um pouquinho mais! 🙂