Arquivo da tag: reta final

Resumo da 38ª semana

Fiquei devendo ontem a publicação do resumo da semana. Mas enfim… aqui está, mesmo com um pequeno atraso!

Indo para a 39ª semana eu não consigo parar de pensar que o bebê pode nascer a qualquer hora. Isso é intrigante, assustador, empolgante, uma mistura que mexe com qualquer gravidinha cheia entupida de hormônios.

O bebê conforto está no carro, as malas da maternidade arrumadinhas, a filmadora e a máquina fotográfica separadas e com baterias carregadas. Já lavei/passei todas as roupinhas do Vítor, coloquei a roupa de cama no berço, tirei o plástico do trocador/banheira. Também montei a lista de quem avisar quando o baby nascer, fiz simulação/treinamento de trabalho de parto com o Fábio (que se saiu muito bem, por sinal!). Definitivamente só falta a hora chegar. E como é chato esperar.

Sempre fui ansiosa e impaciente. Agora não podia ser diferente. Mas pelo jeito o menino aqui é calmo que nem o pai e quer ficar mais uns dias na barriga. O que eu posso fazer?! Esperar.

Anúncios

Casulo

Hoje entrei no meu casulo. Quero ficar assim, quietinha no meu canto. Curtir cada minutinho antes do Vítor nascer. Aproveitar a chegada do frio, o silêncio da casa, o mimo do maridinho.

Noite passada não conseguia dormir. Pensamentos voando…

De manhã eu tinha consulta, logo cedo. Eu e o bebê estamos bem! Ele encaixado, mexendo regularmente, com o coraçãozinho no maior tum-tum-tum potência máxima. Eu com o peso controlado, pressão ok, dilatação de 4cm e colo do útero afinando.

Segundo a médica o parto está próximo. Ela me deu uma listinha destacando quando é o momento de ir para o hospital (se a bolsa romper, se eu sentir contrações regulares, enfim… basicamente as mesmas orientações do site da Crescer).

Por incrível que pareça a consulta me deixo mais calma. Deixei a contagem regressiva de lado e acabei me concentrando em mim e no meu corpo. Eu sinto (agora mais do que nunca) que tá chegando a hora. Eu sei que tá quase aí. Isso dá um medinho, mas por outro lado uma sensação gostosa de transição. Transição entre eu mulher, eu mãe. Entre tudo que eu sempre quis e que agora se realiza.

Agora, com licença. Vou ali no meu casulo, mas prometo que volto logo!

* Quando o Vítor nascer alguém (o Fábio) vem aqui rapidinho dar a notícia. Don’t worry 😉

Rachel feelings

Às vezes eu acordo com Rachel (grávida) feelings. Para quem não é louco por Friends, deixe-me explicar de forma breve.

Rachel é a personagem de Jennifer Aninston no seriado americano Friends (exibido entre 1994 e 2004). No fim da 7ª temporada ela engravida do amigo e ex-namorado Ross (David Schwimmer). Os episódios da 8ª temporada mostram a evolução da gravidez e o parto, tudo com ótimas pitadas de bom humor.

Entre os episódios em que Rachel aparece grávida o meu favorito é “Aquele em que Rachel está atrasada” (o 22º da temporada, em inglês “The one where Rachel is late”). Retrata o típico humor de uma gestante, principalmente na reta final da gravidez.

Pois bem, alguns dias eu me sinto exatamente como a personagem aparece no episódio. Ódio súbito de tudo, parece que o mundo conspira contra mim. Sem falar na vontade de ir no banheiro de 20 em 20 minutos e do desconforto. Não existe posição para sentar ou deitar e caminhar não é fácil. Resumindo: nem eu me aturo de tão chata que fico.

Nesses dias haja paciência pro Fábio. Não posso reclamar, pois ele se controla bem diante do meu humorzinho maldito. Abençoados sejam os pais que aturam as grávidas chatas e no terceiro trimestre. Amém!

* Confira no link um vídeo com os melhores momentos do episódio comentado. Não achei com legendas em português, apenas esta versão. Também não consegui colocar direto no blog, pois aparece que “A incorporação foi desativada mediante solicitação”. Enfim… assistam no YouTube por AQUI.