Arquivo da tag: surto

É preocupante?

– Trocar em uma matéria a palavra ‘leito’ por ‘leitores’.

– Conversar com um bebê imaginário enquanto se dirige, sem levar em consideração que o bebê já estava na escolinha.

Fatos reais de uma mãe nada imaginária com dois empregos, cachorro, filho, projeto de mestrado em andamento e o marido viajando a trabalho.

* Não esqueça de participar do sorteio da gravadora MCD! Basta clicar aqui!

Anúncios

Como trabalhar em casa com um bebê (sem enlouquecer)

Eu não faço ideia de como fazer isso!

Nem bem comecei a trabalhar e já percebi que vai ser mais difícil do que eu imaginava (pelo menos enquanto eu adiar o plano de colocar o Vítor em uma escolinha).

Quero esperar até agosto para deixar meu filhote por N motivos: julho é um dos meses mais gelados no RS, quero tentar evitar que ele pegue gripe ou qualquer virose, tenho medo de comprometer a amamentação, acho ele muito pititico ainda entre outras coisas.

No entanto, tá complicado. Estou absolutamente esgotada. Cansada de querer dormir um dia inteiro para recuperar (que mãe não gostaria de tirar 24 horas INTEIRAS para zerar o saldo de noites com o peitão de fora ou embalando a cria pra lá e pra cá? Hein? Hein? Só eu ou quem mais?).

É casa, marido, cachorro, filho, trabalho, blog e outras pendências. Quem consegue dar conta de tudo? Se você consegue… parabéns, amiga! Pois eu não estou me virando muito bem nessa história. Aqui em casa algo sempre fica sobrando (geralmente a faxina, mas abafa o caso).

Então que estou pensando em alternativas que facilitem as coisas. Faxineira ao menos uma vez por semana é uma das opções. Outra é deixar meu filho mais tempo com a minha avó (o que não tem funcionado muito bem pois ela entope o Vítor de mamadeira, enche a criança de NAN).

Bom… espero conseguir me organizar antes de entrar em processo de surto. E eu que achava que foda era estudar de manhã, fazer TCC de tarde e trabalhar das 6 até a meia noite com jornalismo policial. Não sabia nada da vida ainda. Quero ver quando eu ter um emprego fixo de 6 ou 8 horas diárias. Daí que o bicho vai pegar! #comofas?

* O sorteio de comemoração dos 6 meses do blog ainda tá valendo. Participe AQUI!

Rapidinhas da semana

* Terça de noite comecei a sentir dor na barriga, mas nada de contração, apenas uma sensação estranha. Na quarta acordei e ainda não estava me sentindo bem. Tentei falar com a minha GO, porém não consegui. A alternativa foi ir para o plantão do hospital da cidade, onde logo fui atendida. Recebi medicação para a dor e fiquei no soro por mais ou menos uma hora. A dor passou e em seguida minha médica chegou para ver como eu estava. Ela me examinou e verificou que estou com 2 cm de dilatação. Na metade de fevereiro eu já estava com 1 cm, agora aumentou um pouquinho.

* Pois não é que tem um pitoquinho que está louco para nascer?! A médica acredita que eu não vou até as 40 semanas, o Vítor deve chegar um pouco antes. Anyway, a recomendação segue a mesma: repouso (juro que estou me comportando quietinha em casa).

* Depois da visitinha antecipada ao hospital fiquei surtada. Vi que já está mais do que na hora de deixar tudo pronto. Hoje fui na farmácia e comprei mil coisinhas importantes como: gaze, algodão, álcool 70%, cotonetes, sabonete neutro, enfim… listinha básica. Além disso, eu me entreguei e resolvi pegar uma chupeta e uma mamadeira (just in case, nunca se sabe). Ambos os itens possuem bico ortodôntico. Achei melhor comprar logo e deixar guardadinho em casa do que sair correndo atrás depois.

* Ainda no momento surtotenhoquedeixartudopronto fiz a lista das malas de maternidade (da mamãe e do bebê). Separei algumas coisas e já comecei a montar. Mas sério, é muita coisa! Parece que vou passar um mês fora de casa!