(9)

A vida com dois filhos não é fácil, minha gente. Eu me sinto no meio de uma corda e cada um puxando para um lado. No entanto, a Clara sempre ganha a batalha, afinal, como meu vô diz, ela é um pequeno bebê carrapatinho.

Acontece que ela mama muito e tá sempre grudada em mim. Mas muito do tipo muitíssimo mesmo. Adora um leitinho da mamãe e está 100% no peito. Eu procuro não reclamar, pois é exatamento o que eu quero: minha filha sem mamadeiras e afins até quando ela quiser e crescendo saudável.

Só que acontece que amamentar demanda tempo, paciência, entrega. Não que eu não possa fazer nada enquanto amamento, mas jogar bola com o Vítor ou fazê-lo dormir é meio complicado, né?! Então, muitas vezes, é o pai que assume o controle. Não acho isso ruim, de jeito nenhum, considero importante o pai ter domínio da situação. Mas sinto falta de ter mais momentinhos com o Vítor, sabe? E tenho certeza que ele sente o mesmo, principalmente quando vai com o pai para o quarto dormir e começa a chorar chamando “mamãe”.

Sério, isso acaba comigo. Eu sei que é assim, que é uma fase, que com o tempo a Clara vai ter uma rotininha mais estabelecida e vou poder ficar mais com o Vítor. Eu sei, eu sei, eu sei. Mas nada diminui o que eu sinto agora.

Se eu reclamava na faculdade, quando a demanda de trabalho + aulas era meio freak, imagina agora. Definitivamente, eu preciso ser duas. Só polvo não adianta mais.

Leia também: A virada

Anúncios

4 ideias sobre “(9)

  1. Aline Cortes

    Ver minha pequena chamar mamãe e não poder dar atenção por estar ocupada me MATA! Imagina quando tiver o segundo filho! Ai meu Deus como a gente sofre!

    Resposta
  2. janaina

    Nossa,eu estou no terceiro mês de gravidez e já penso muito nisso.Quando acabou a licença maternidade não tive coragem de voltar ao trabalho pq o Lorenzo vivia colado no peito,dia e noite,sempre mamou muito,e mama até hoje,consegui com q ele mame só pra dormir(2 vezes por dia) e ele desconta,chega a mamar 1h e meia e eu fico exausta,esgotada mesmo.
    Quando o segundinho nascer não sei como vai ser,eu sei q não conseguirei desmamar o Lorenzo antes disso e aí já viu,com ciume da mamãe e do peito,e isso é o que mais me preocupa.Que Deus nos ajude pq não vai ser nada fácil!

    Resposta
  3. Leticia

    OI. Bom, as vezes não é facil mesmo. Não sei se gente se cansa mais fisicamente, correndo de um lado para outro, ou se cansa psicologicamente, tetando ser duas e dar atenção igual para os dois. Até hoje eu me exijo muito, tentando dar tudo igual para os dois, e quando não consigo fico meio mal. Meu filho também é meu grude. A minha filha não chupa bico, e mesmo com 7 meses continua um grude comigo. Sono dou o peito, cansada…peito, dengo…peito, dor…peito.Como vc falou exige muito, principalmente de mães como nós que queremos ser sempre 100%. Mas vamos continuar, pois compensa muito.

    Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s