Arquivo da tag: preço

Festa em casa: decoração e comidinhas

A decoração da festa de 2 anos do Vítor foi praticamente toda reaproveitada do ano passado. Eu guardei o que sobrou da papelaria feita pela TracoD, com a ilustração de macaquinho da Joana Heck. Apenas imprimi novamente o Z perdido do letreiro e coloquei em um barbante, usando prendedores de roupa para segurar.

DSC_0009
Também reutilizei as caixas encapadas com tecido poá azul, este ano para colocar os cupcakes, e os copos e pratos plásticos coloridos que restaram da festa de 1 ano.

DSC_0026
A única coisa nova que comprei para a decoração foi a torre azul, onde coloquei os copinhos de doces. Paguei menos de R$ 6,00 em uma loja de embalagens.

DSC_0014
O cardápio da festa era bem simples. Os salgados encomendei em uma padaria. Escolhi sanduíches e pizzas de frango e salgados fritos diversos. Já os doces foram feitos por mim, pela minha irmã e pela Paula, madrinha do Vítor. Fizemos copinhos com brigadeiro e mousse de limão e cupcakes de chocolate. Para completar, uma salada de frutas com morango, banana e maçã. Para beber, suco natural de maracujá e refrigerante.

DSC_0039
Optei por fazer os copinhos, pois não tive tempo para organizar a festa. Para vocês terem uma noção, marquei com os convidados às 17h30min. Os cupcakes foram tirados do forno as 17h25min. Ou seja, foi tudo muito rápido e, por isso, precisava ser o mais prático e simples possível.

Quantidades

Participaram da festa 14 adultos e 3 bebês. Encomendei 50 sanduíches, 50 salgados fritos e 30 pizzas. Fiz 50 copinhos de doces, aproximadamente 30 de brigadeiro e 20 de limão, e mais ou menos 30 cupcakes pequenos.

Os copinhos e as colheres comprei em uma loja de embalagens. Paguei R$ 0,30 a unidade do copo e R$ 3,00 um saquinho com 50 colheres.

A quantidade foi ideal. Sobrou, mas nada exagerado (e tudo devidamente comido no dia seguinte e repartido com colegas de trabalho da mamãe e do papai).

Receitas 

Para o brigadeiro, usei 3 latas de leite condensado e achocolatado em pó. Fiz o brigadeiro normalmente, na panela, e quando estava pronto misturei 2 caixas de creme de leite. Mexi até ficar uma consistência mais cremosa e coloquei nos copinhos.

Já o mousse de limão foi feito com 1 lata de leite condensado, 1 caixa de creme de leite e o suco de 2 limões. Basta bater tudo no liquidificador e pronto! Receita super fácin.

A receita do cupcake já foi publicada no blog (aqui). Apenas troquei achocolatado por cacau em pó. Ficou uma delícia! A cobertura é meia lata de creme de leite misturada em banho maria com 1 barra de chocolate meio amargo.

Anúncios

Top Top Presentes – Parte II

6 – Móbile

Embora eu não aguente mais ouvir a maldita música, o Vítor adora o móbile e é isso que importa. Ele fica admirando o brinquedinho todo concentrado. É uma tranquilidade na hora de trocar a fralda ou tirar a roupinha para tomar banho.

Esse é outro dos itens que eu não ia comprar (nem lembrava de móbile). Mas foi um dos melhores presentes que o Vítor ganhou.

Os preços dos móbiles variam bastante. No site da Buzz Toys, por exemplo, o mais simples custa 59,99. Já um modelo mais sofisticado chega a 299,99.

7 – Toucas

O Vítor ganhou várias touquinhas e usa todas elas. São perfeitas para o frio que faz atualmente no Rio Grande do Sul. Inclusive prefiro o modelo tipo “Chaves” (aquele da TV, do isso, isso, isso). Elas protegem e deixam quentinhas as orelhas do baby.

É um presentinho simples, baratinho e com certeza muito útil no inverno!

8 – Pantufinhas

Outro item obrigatório para enfrentar o inverno. Assim como as touquinhas é possível encontrar de vários modelos e preços.

9 – Enfeite de porta

Colocamos na porta da maternidade e agora o mimo enfeita a entrada do quartinho do Vítor. Foi presente da minha tia (feito por ela mesma!).

10 – Pijaminhas

Os conjuntinhos de pijama são ótimos. O modelo calça + camiseta é melhor do que as opções com body, pois quando vaza xixi ou cocô não necessariamente precisa trocar a parte de cima da roupa (com o friozão que tá por aqui estou cheia de estratégias).

Confira também:

* Top Top Presentes – Parte I

Top Top Presentes – Parte I

Esses dias uma amiga me pediu uma sugestão. Ela disse que a mãe dela queria dar um presente diferente para uma gravidinha. Pensei no que ganhei quando ainda estava grávida e logo depois que o Vítor nasceu.

Acabei sugerindo um sling, mas depois lembrei de várias outras coisas, não necessariamente diferentes, porém que uso/usei bastante. Acabou virando uma listinha (coloquei junto algumas sugestões de lojas, apenas para dar noção de preço dos produtos):

1 – O citado (e apaixonante) sling

Amado tanto por mim quanto pelo Vítor. Usamos bastante, pois é prático e alivia meus braços e minhas costas na hora de carregar o pequeno. Já o baby fica quentinho, gostosinho e dorme que é uma beleza. O modelo que eu ganhei é de argolas e bem simples (azul claro com listras brancas nas bordas), mas existem outros mais sofisticados.

O preço varia bastante, mas na Kika de Pano o modelo Wrap custa a partir de 70 reais e o de argolas a partir de 92 reais. Na Bebê Casulo um sling de argolas é vendido por 74 reais. Mas é só uma questão de pesquisar para encontrar slings mais baratos.

2 – Canguru

Faz parte da categoria “carregadores de bebê”. É tão bom quanto o sling. O único porém é o frio aqui do Rio Grande do Sul. No sling consigo enrolar o Vítor em uma mantinha, no canguru não rola. Então agora no inverno não vai ser muito usado, mas na primavera com certeza vai ser usado em muitos passeios.

Modelos a partir de 90 reais na Loja do Bebê.

3 – Álbum do bebê do Pequeno Príncipe

Já contei aqui que sou louca pelo Pequeno Príncipe? Não?! Então tá: sou apaixonada pelo Pequeno Príncipe! E é claro que o álbum de bebê do Vítor não podia ser outro.

O diário tem espaço para detalhes do nascimento, da família e para algumas fotos. Além disso, possue calendário dos 12 primeiros meses de vida do bebê para anotações de fatos importantes como primeiro sorriso, primeiras palavras e outros.

Achei modelo igual o do Vítor no site da Fnac por 59,90.

4 – Álbum de fotos

É um presente bonito e super útil (pelo menos pra mim que tenho o hábito de revelar fotos). Pode ser achado em várias lojas e por diversos preços.

5 – Almofada de amamentação

(Foto para fazer um agradinho com o papai. Mas com certeza o vovô não vai gostar muito. Entenda aqui!)

No início usei para amamentar, mas conforme o Vítor foi crescendo não nos acertamos mais com ela. Então agora coloco o baby deitadinho na almofada. Ele adora, pois fica mais sentado e pode observar tudo que acontece ao seu redor. Já o deixei também de bruços (é um ótimo apoio).

Super recomendo! Eu não ia comprar (não era prioridade no meu enxoval, pois já estava economizando total), mas depois que ganhei foi sucesso absoluto aqui em casa.

Na Loja do Bebê a almofada da Chicco está por 89 reais. Lá também têm capas lindas por 29 reais.

Confira também:

* Top Top Presentes – Parte II

Lembrança do bebê

Sempre achei lembrancinha de maternidade um negócio meio estranho. A maioria das pessoas pega, leva para casa e joga em algum canto (ou no lixo, depois de um tempo). Outros esquecem de escolher um dos mimos oferecidos pela nova mamãe e apenas uma minoria separa com carinho o presentinho e guarda como recordação do bebê que nasceu.

Confesso que eu mesma tenho apenas uma lembrança guardada, a do meu afilhado. As outras se perderam no meio das minhas coisas tralhas.

Entretanto, como gravidinha é impossível escapar das lembranças. Minha mãe e avó logo perguntaram como eu ia fazer, o que escolher para oferecer para quem for visitar o Vítor na maternidade. Não quis ser “do contra” (eu nunca sou #not) e comecei a pensar no assunto.

Dei uma olhada na internet e vi ideias fantásticas. Adorei modelos de chocolates e cupcakes especiais para a ocasião. Contudo, não queria gastar muito nas lembrancinhas. Sabe como é: fraldas, roupinhas, taxas de exames e consultas,… (essas reticiências vão longe, ô se vão!). Então optei por algo simples e prático: pequenos sabonetes com cheirinho gostoso em uma embalagem bonitinha!

Escolhi sabonete branco e no formato de estrela. Paguei R$ 0,50 cada um. Depois minha tia me ajudou e fez as embalagens. Ela usou tule branco e fitinha azul. O papelzinho para colocar o nome do bebê e a data de nascimento foi comprado na gráfica.

Não tenho como dar o valor exato do material para fazer as lembrancinhas (comprei uma parte e minha tia a outra). Porém, com certeza o custo de cada unidade não passou de R$ 0,75.

Ficou super bonitinho e já está do lado das malinhas da maternidade. Além disso, foi mega econômico.

Para combinar ganhei também da minha tia um enfeite para a porta do quarto no hospital. Adorei o presente! Com certeza depois vai ficar na porta do quartinho do Vítor!

Para preparar o berço

O protetor de berço

Um dos meus itens favoritos do enxoval do Vítor é a roupa de cama. Comprei em Londres, antes de voltar para o Brasil. É um kit “Bed in a bag” da Mothercare, com 5 peças (protetor de berço, cobertor, edredon, lençol para o colchão e lençol para cobrir).

A loja é uma fofura e deixa qualquer mamãe babando. A linha de produtos vai desde carrinhos e cadeirinhas de carro até roupas, sapatos e acessórios.

Detalhes do lençol

No momento da compra ainda não sabia o sexo do bebê. Optei então por um conjunto neutro, nas cores bege e marrom.

Paguei £94.99 o que com uma cotação média de R$2.70 equivale a cerca de R$256.50.

Agora é só deixar tudo limpinho e esperar o berço chegar. Não vejo a hora!

Lençol com um furo para a cabeça

É assim que eu defino roupa de grávida gorda: lençol com um furo para a cabeça. É uma infelicidade toda vez que percebo que tá na hora de acrescentar peças novas no armário (e isso acontece com uma frequência incrível durante a gravidez). Além de serem caras, as roupas para gestantes não possuem caimento. Claro que isso não é uma regra geral, no entanto a situação é um pouquinho mais complicada para quem mora em cidades pequenas (meu caso!). As opções de lojas são reduzidas e o jeito é bater perna até achar algo de bom gosto.

Quando eu engravidei eu morava em Londres e minha maior descoberta foi a linha Maternity da Gap. Tratei logo de comprar duas calças jeans e algumas blusas. Porém, como estava no início não imaginei que a barriga ia aumentar tanto! Também não tinha ideia de que seria tão difícil encontrar outras peças no Brasil.


Usei muuuuito os jeans com elástico da Gap. Com certeza eles fazem parte do meu top 5 de roupas durante a gravidez. Super recomendo para quem tiver a possibilidade de comprar ou encomendar com algum amigo/parente/conhecido que for viajar para o exterior. Sei que é complicado fazer um pedido desses, principalmente pela numeração ser diferente da brasileira, mas enfim, #ficaadica.

Outro item top top do meu armário de grávida é um vestido básico da Hering. Ele é mega simples, mas eu adoro! Tenho um de cada cor disponível (verde, rosa, cinza e preto). E o melhor: tamanho M! Ou seja, dependendo do quanto eu engordar ainda tenho a opção de comprar o mesmo modelo em G. Outra observação: é roupa de gente normal 😉

Aliás, a Hering tem sido a minha salvação. Roupas de boa qualidade e ótimo preço. Na Hering Web Store o modelo de vestido em questão custa R$69,90, porém eu cheguei a pagar R$39,90 na loja de Garopaba/SC (em promoção).

Outra coisa que achei na Hering foi camisola. Odeio com toda minha força todas as peças para gestantes! Principalmente as com estampas de bebês, chupetas e coisinhas do gênero. Então fiquei super feliz quando entrei numa G da marca e não tirei mais!