Arquivo mensal: outubro 2011

Je t’aime

Paris provavelmente é um dos maiores clichês do universo. Não vou entrar na minha teoria de expectativa turística, pois não é o caso. Quero me limitar a comentar a minha relação com a cidade, uma vez que ela marcou um período muito especial da minha vida.

Conheci Paris em agosto de 2010. Grávida, de um mês e meio. Sabendo da notícia a uma semana.

A viagem foi um presente que ganhei do Fábio, muito antes de imaginar uma gravidez naquele momento.

E foi lá, no maior clima love is in the air, que o Vítor ser ainda sem sexo ganhou seus primeiros presentes do papai e da mamãe. Um deles o livro Le Petit Prince, comprado em uma feirinha na beira do Rio Sena. O outro um body da marca de souvenirs I was in, azul com o desenho da Torre Eiffel.


Body que semana passada o Vítor usou pela primeira vez. E que me trouxe de volta o gostinho de uma viagem inesquecível. E sim, ele pode dizer que estava lá. In Paris. Inside me. With us.

* Hoje é o último dia para participar do sorteio da gravadora MCD! Basta clicar aqui!

Anúncios

Aniversário verde: a economia

Fazer uma festa de aniversário, por menor que seja, sempre custa dinheiro e muitas vezes exige uma preparação financeira. Afinal, não é todo mês que sobra (quando sobra) uma quantia razoável para bancar a comemoração, mesmo que no estilo ‘apenas uns docinhos’.

Pensando nisso eu já comecei a me preparar financeiramente para o aniversário do Vítor, que é em abril. Nosso orçamento geralmente é apertado, então tenho que trabalhar com toda antecedência possível para poder fazer a festa que eu estou imaginando.

A primeira medida de economia é bem simples e para começar só depende de um velho conhecido de muita gente: o cofrinho. Quem nunca, quando criança, fez um furinho numa lata ou pote para guardar moedinhas e comprar tudo em doce, salgadinho e refrigerante no mercadinho da esquina? Alimentação saudável #not.


Pois então, o Vítor ganhou um cofrinho quando eu ainda estava grávida. O carrinho ficou guardado jogado no armário. Mais ou menos no início de outubro eu o peguei e comecei a depositar ali todas as moedas que ia achando pela casa. Não tenho nenhuma meta, apenas pego o que está sobrando e guardo no cofrinho. Simples assim.

Um detalhe importante é que o cofrinho tem apenas uma abertura: a de colocar moedas. Assim não corre o risco de ser assaltado por mim hoho no meio do caminho. Pretendo quebrá-lo quando estiver cheio, para então ver quanto consegui guardar e usar na compra de algum detalhe da festa, como convite, por exemplo. Veremos!

* Não esqueça de participar do sorteio da gravadora MCD! Basta clicar aqui!

Porto Alegre (com bebê) for dummies

Semana passada o Fábio foi fazer um curso em Porto Alegre, durante 5 dias. Fiquei sozinha com o Vítor e logo me organizei para tirar folga sexta e conseguir ir encontrá-lo e passear um pouco. Além disso, era aniversário de uma amiga muito querida, a Paula, madrinha do Vítor.

Quinta de noite comecei a me organizar. O plano era levar apenas uma mochila, para ficar mais fácil o deslocamento com o Vítor, mas na hora de guardar tudo vi que precisaria de mais uma bolsa. Afinal, sair com bebê é um caos, pois o kit obrigatório é infinito: roupas extras (vai que suja), casaco (vai que esfria), manga curta (vai que esquenta),…

Então na sexta de manhã lá fui eu com: uma mochila, uma bolsa, um carrinho e o Vítor. Oi coluna, sua linda!

Fomos de ônibus até Porto Alegre. A viagem dura cerca de 2 horas e é bem tranquila. Escolhi um horário que não tem muito movimento, assim consegui ficar com o banco do lado livre para me acomodar melhor com o Vítor.

Na cidade nos deslocamos de tudo que é jeito: ônibus, táxi, carro. Vítor foi um parceirão e não reclamou de nada, pelo contrário, curtiu muito observar o movimento e as novidades (sacomé, gurizinho de interior vai para a cidade grande e fica deslumbrado, tadinho, nunca viu tanto prédio, carro e gente em um dia só).


Nosso itinerário: bairro Bom Fim, PUCRS, Shopping Moinhos de Vento e Parcão. Sem contar a noite em Guaíba, cidade vizinha onde era o aniversário.

Algumas considerações:

– Andar de ônibus com o carrinho é complicado, pois nem todos quase nenhum tem rampa de acesso. O jeito é contar com a boa vontade do cobrador ou de algum passageiro e disso eu não posso reclamar, pois sempre tinha alguém para ajudar.
– O Shopping Moinhos é uma boa opção de passeio. Ele não é tão movimentado, além disso possui carrinhos (para quem não leva o do bebê) e um excelente fraldário.
– Eu não levei suco de casa, pois prefiro oferecer algo feito na hora para o Vítor. Então nos lugares que fui optei por pedir um suco natural sem açúcar para mim e colocar um pouquinho na mamadeira do Vítor. Ele adorou o suco de limão da Lancheria do Parque, no Bom Fim, e o de uva com amora do Saúde no Copo, do Moinhos. Tudo sugar free e fresquinho.


– O Parcão é outra ótima sugestão. Parque limpo, bonito e paraíso dos bebês e cachorros, todos na mais pacífica convivência. Vale levar uma toalha ou lençol e se jogar na grama. Para as crianças maiores tem parquinho e a dica é caminhar na margem do laguinho procurando tartarugas.


Tá, eu sei que sou suspeita, pois morei quase 5 anos em Porto Alegre. Na cidade vivi um período muito intenso da minha vida, fiz faculdade, conheci muita gente, comecei minha vida profissional. Mas não adianta… PORTO ALEGRE É DEMAIS!

Em novembro vamos de novo, daí posto mais algumas dicas! E vai ter encontro de blogueiras gaúchas, viu?!

* Não esqueça de participar do sorteio da gravadora MCD! Basta clicar aqui!

Aniversário verde: dicas Crescer

A dica de festa sustentável de hoje (que deveria ter sido postada sexta, shame on me) é uma matéria da Crescer.

Trata-se de uma lista de 10 ideias simples para ter uma festa mais natural. Abaixo os itens.

O texto completo você encontra aqui.

1 – Na natureza, nada se cria, nada se perde, tudo se transforma. A máxima de Lavosier pode e deve ser seguida ao pé da letra quando o assunto é decoração. Em vez de gastar com materiais caros e não reaproveitáveis, opte por reutilizar o que há de sobras de papelão e isopor em sua casa. Com papéis reciclados coloridos, papel marché confeccionado a partir da reciclagem de jornal e colagens, até mesmo de folhas de árvores, é possível construir um bonito cenário para a festa.

2 – Para quem não abre mão de usar bexigas coloridas como enfeite, é possível encontrar balões de gás produzidos com borracha biodegradável. O único problema é como, ao fim da festa, garantir um destino correto ao que sobra, uma vez que ainda é difícil encontrar estabelecimentos encarregados de reciclá-los.

3 – Na hora de servir as guloseimas, troque os tradicionais pratinhos e copos de plástico pelos feitos de papel, facilmente recicláveis. Muitas lojas especializadas vendem kits temáticos e coloridos, que dão um charme ao aniversário. Já os talheres de plásticos podem ser substituídos por outros convencionais ou de bambu, encontrados até mesmo em lojas de R$ 1,99.

4 – Na hora do bolo, inove usando velas confeccionadas a partir de cera produzida por abelhas. Nas casas especializadas, você as encontra em cores e formatos diferentes, como anjos, flores e as tradicionais lisas. Os preços variam de R$ 3 a R$ 10.

5 – Para combinar com o clima de respeito e aproveitamento dos recursos naturais, invista em um cardápio saudável e nutritivo. Para beber, abuse dos sucos de frutas naturais, preferencialmente orgânicas. As frutas da estação têm, em geral, custo mais baixo e são mais ricas em nutrientes por serem frescas.

6 – Para comer, deixe de lado as frituras. Dê preferência aos salgadinhos de forno, bem mais saudáveis. Na hora de fazer a pipoca, opte pelo milho tradicional no lugar daquelas para micro-ondas. Outra boa escolha são os palitinhos de frutas – com banana, uva e morango – banhados ao chocolate e os sanduichinhos de pão integral, queijo minas e peito de peru.

7 – Na hora da recreação, para as crianças menores, pode-se simular um jogo de trilha, no qual os participantes respondem a diferentes questões relacionadas ao meio ambiente, como qual é a cor da lixeira onde deve-se jogar vidros. Quem acertar, avança casas, podendo voltar ou pagar prendas se errar.

8 – Os pais que preferem atividades artísticas podem promover um concurso de pinturas com tintas feitas a partir de pigmentos da terra. A receita é bem fácil: misture água e cola (100 ml para cada) e adicione 25 g do pigmento de sua preferência (pó de café, urucum ou a própria terra). Dependendo da quantidade adicionada, há a variação de tons.

9 – Mantenha no espaço da festa diferentes lixeiras, cada uma voltada para a coleta de um tipo de material. Dessa forma, as crianças podem pôr em prática uma das medidas mais importantes para a conservação da natureza: dar o fim certo aos diferentes tipos de lixo.

10 – E para o fim da festa, uma lembrancinha diferente. Se todo mundo um dia deveria plantar uma árvore, por que não oferecer um kit de plantação aos convidados? Além de simpático, é uma diversão para filhos e pais fazerem juntos. A Le Petit Vert oferece kits, com mudas de árvore e ervas, com custos para encomendas de 50 unidades que variam de R$ 4 (sachês de sementes) a R$ 18,20 (mudas de árvores maiores).

* Não esqueça de participar do sorteio da gravadora MCD! Basta clicar aqui!

É preocupante?

– Trocar em uma matéria a palavra ‘leito’ por ‘leitores’.

– Conversar com um bebê imaginário enquanto se dirige, sem levar em consideração que o bebê já estava na escolinha.

Fatos reais de uma mãe nada imaginária com dois empregos, cachorro, filho, projeto de mestrado em andamento e o marido viajando a trabalho.

* Não esqueça de participar do sorteio da gravadora MCD! Basta clicar aqui!

Sorteio mês da criança

Outubro ainda não acabou, então que tal um sorteio pelo mês da criança?

A promoção é em parceria com a gravadora MCD e vai presentear um leitor do blog com um presente escolhido pelo próprio vencedor.

Olha só as opções!

1 – MPBaby Elvis

Depois de criar arranjos e melodias para alguns títulos da Coleção MPBaby, como: Canções de Ninar, Trilhas de Cinema, U2, entre outros, o violonista Reginaldo Frazatto Jr. assume o desafio de interpretar, ao som de seus violões, canções do eterno Rei do Rock, Elvis Presley.

Canções como Love me Tender, Suspicious Mind e Don’t Be Cruel, mantiveram Elvis por muito tempo nas paradas de sucesso e marcam presença neste CD acompanhadas de: Always on my Mind, True Love, Kiss Me Quick, entre outras.

2 – Kit descobrindo a fazenda

Com divertidas cenas apresentadas pelo macaco Bubba e seus amigos, Descobrindo a Fazenda conduz as crianças a uma mágica viagem onde conhecerão os animais, seus sons, como se alimentam e o que cada um deles nos dá.

Com o conteúdo apresentado as crianças serão convidadas a cantar, dançar e aprender de forma participativa e envolvente. Assim, descobrirão como é gratificante o contato, o cuidado e o respeito para com os animais.

O CD e DVD foram criados para estimular e incentivar o desenvolvimento intelectual e sensorial das crianças.

O kit acompanha dois dedoches feitos a mão dos amigos de Bubba, o cachorro Jack e o pato Toby, e podem ser utilizados para promover a participação dos pais nas brincadeiras de seus filhos.

3 – Kit descobrindo as cores + inglês

Com uma divertida história apresentada por Bubba e sua turma, Descobrindo as Cores estimula nas crianças o gosto pela arte, além de exercitar sua capacidade de expressão e imaginação junto às obras do pintor Joan Miró.

Cuidadosamente concebido por artistas e especialistas em desenvolvimento infantil, o DVD propõe incentivar a criatividade, a imaginação e a sensibilidade artística. A arte e a música possibilitam que as crianças se expressem livremente reforçando a auto-estima e estimulando o desenvolvimento da personalidade.

O DVD Descobrindo em Inglês apresenta a língua inglesa às crianças do jeito mais divertido, com números, cores, partes do corpo, animais e membros da família. Este DVD foi criado com base no reconhecido método de ensino da abordagem comunicativa. As situações apresentadas por fantoches, crianças, música clássica e canções inéditas interpretadas por nativos da língua inglesa, convidam as crianças a dançar, cantar e memorizar em inglês.

O kit Descobrindo as Cores e Descobrindo em Inglês vem com um exclusivo dedoche do macaco Bubba, protagonista da série, e pode ser utilizado para promover a participação dos pais nas brincadeiras de seus filhos.

***

Para participar é muito simples! Basta deixar um comentário no post com seu nome, email e qual o presente que você quer ganhar!

O sorteio vai ser realizado pelo Random.org na terça-feira, 1º de novembro. Serão aceitos os comentários postados até a meia noite do dia 31.

A única regra para participar é ter um endereço de entrega no Brasil. Boa sorte!

Aniversário verde: lembrança

Não considero indispensável o item lembrancinha em um aniversário, mas confesso que adoro quando recebo uma, ainda mais se for algo preparado com carinho.

Levando a sustentabilidade em consideração, pensei em algumas coisas e achei um site que é exatamente de acordo com o que imagino: Sushi com Macarrão, uma ecolojinha pra lá de charmosa!

Um dos itens que mais chamou a minha atenção foi o mini vasinho. Ele tem 6 cm de altura, vem com terra, pedaço de papel semente (flor do campo) e uma tag personalizada.


Imagem de divulgação da página Sushi com Macarrão.

Cada mini vasinho custa R$ 4,50 e o número mínimo para encomendas é de 10.

É ou não é um amor?!

* Lembrando que os posts com ideias e inspirações de aniversário não são publieditoriais. Apenas indicações de coisas que achei pela internet.