Arquivo da tag: resumo

Resumo da 38ª semana

Fiquei devendo ontem a publicação do resumo da semana. Mas enfim… aqui está, mesmo com um pequeno atraso!

Indo para a 39ª semana eu não consigo parar de pensar que o bebê pode nascer a qualquer hora. Isso é intrigante, assustador, empolgante, uma mistura que mexe com qualquer gravidinha cheia entupida de hormônios.

O bebê conforto está no carro, as malas da maternidade arrumadinhas, a filmadora e a máquina fotográfica separadas e com baterias carregadas. Já lavei/passei todas as roupinhas do Vítor, coloquei a roupa de cama no berço, tirei o plástico do trocador/banheira. Também montei a lista de quem avisar quando o baby nascer, fiz simulação/treinamento de trabalho de parto com o Fábio (que se saiu muito bem, por sinal!). Definitivamente só falta a hora chegar. E como é chato esperar.

Sempre fui ansiosa e impaciente. Agora não podia ser diferente. Mas pelo jeito o menino aqui é calmo que nem o pai e quer ficar mais uns dias na barriga. O que eu posso fazer?! Esperar.

Anúncios

Resumo da 37ª semana

Esqueçam o nível ansiosa controlada. Passado. Já era.

O nível da 37ª semana foi potencialmente ansiosa. Qualquer dorzinha e eu: “Ai, o que será isso?”. Qualquer nuvem que mudava de posição no céu e eu: “Será um sinal?”. Momento #alouca total.

Além disso, agora todo dia eu acordo, passo a mão na barriga e penso: “Ainda grávida”. Sim, ainda pesada, desastrada, imensa.

Minha próxima consulta é terça. De modo geral eu me sinto bem fisicamente. O maior incômodo é a dor na pelve. Ela já tinha diminuído, entretanto voltou com tudo. Para virar na cama durante a noite é um sufoco. Chego a desistir da ideia no meio da manobra.

O baby já não mexe mais tanto. Acho que o espaço está bem reduzido para ele. Eu também não consigo mais comer muito, as porções automaticamente estão menores.

É… tá chegando a hora.

Mas como ela demora. Humpf.

Resumo da 36ª semana

Êêê! Estamos indo para a 37ª semana!

Eu me sinto super bem e até mais disposta do que na semana passada. Meu ânimo deu um up, acho que por estar com tudo prontinho (malas da maternidade, quartinho, roupinhas,…). Além disso, o chá de bebê já passou e não tenho mais nenhuma pendência, nada para me preocupar além de mim. Ou seja! O Vítor pode nascer a hora que quiser, pois agora só depende dele.

Estou no nível ansiosa controlada (por enquanto!). Mas sempre atenta… qualquer coisinha diferente já penso: “O que é isso?!”. Acho que é normal, né?! Mãe de primeira viagem 🙂